PUBLICIDADE
Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
Registre-se | Conectar:
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir
PUBLICIDADE

Candidíase de repetição crônica. Histórico de tratamento.

Mensagem(ns) do Fórum 1 - 10 de 43 mensagem(ns) encontrada(s)
image :
Flavia Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 16.06.2012 às 13:14
PUBLICIDADE

Tenho candidiase crônica há 2 anos e nada do que fiz até hoje surtiu qualquer tipo de efeito. Acordo várias vezes na noite para coçar sem parar minha vagina, que é permanentemente inchada, toda rasgada literalmente e com grande produção de grumos. Quando retiro esta "massa" no banho é como se desbalanceasse o ambiente dos fungos e eles atacassem com muito mais força. Estou casada há 4 anos e praticamente não tenho atividade sexual nenhuma, chego a passar de 3 meses sem sexo, pois não aguento e tenho medo de recontaminar meu esposo. Abaixo, apresento parte dos tratamentos que fiz sem sucesso algum.

1º Tratamento (em 01/10/10) com ginecologista 1:
- Itraspor 100mg (ITRACONAZOL). 02 cápsulas pela manhã e a noite por 1 dia.
- Fluconazol 150mg. Tratamento para o marido. 1 cápsula (dose única)
- Novacort creme. Tratamento do casal. Passar à noite por 10 dias.
- Ginconazol creme. Usar 1 aplicador por 5 noites

2º Tratamento (em 10/12/10) com ginecologista 1:
- Fluconazol 150mg. Tratamento do casal. 1 cápsula (dose única)
- Candicort creme. Psssar na vagina pela manhã e a noite por 10 dias.
- Flogo-Rosa. Dissovel 1 envelope em água morna e fazer asseio à noite por 5 minutos.
- Gynben creme. Usar um aplicador por 7 noites.
- Mudança no anticoncepcional. Antes eu usava o Selene e, agora o médico passou o Diane 35.

3º Tratamento (em 11/05/11) com farmacêutico (farmácia de homeopatia):
- Candida Albicans CH30 48g em glóbulos. Chupar 5 glóbulos 4x ao dia.
- Óvulos de Lactobacilos acidophylus 500mg. Aplicar diariamente na vagina ao deitar-se

4º Tratamento com farmacêutico (farmácia de homeopatia):
- Candida Albicans CH30 60ml. Tomar 10 gotas 4x ao dia.
- Óvulos de Lactobacilos acidophylus 500mg. Aplicar diariamente na vagina ao deitar-se
- Lactobacilos Bifidus 200mg + lactobacilos acidophylus 300mg. Tomar 1 cápsula 1x ao dia pela manhã, em jejum.
- Complexo de bromelaína 100mg + pancreatina 200mg + papaína 200mg. Tomar 1 cápsula 30 minutos antes do almoço e 30 minutos antes do jantar.

5º Tratamento (em 04/02/11) com ginecologista 2:
- Fluconazol 150mg. Tomar uma cápsula a cada 15 dias por 6 MESES (isso msm, 6 MESES)
- Gyno Fungix. Usar um aplicador por 5 noites.

6º Tratamento (em 18/08/2011) com médica alergologista
- Realização de Teste Cutâneo de alimentos (caseína, clara de ovo, gema, lactoglobulina, peixe, caranguejo, camarão, milho, trigo, soja, tomate, abacaxi, cacau, caju, amendoim, laranja, lactoalbumina). RESULTADO: NEGATIVO. Não há alergia p esses alimentos.
- Realização de Teste de Contato (30 substâncias analisadas). RESULTADO: NEGATIVO.

- Realização de exames de sangue para averiguação das defesas do organismo (CD4+ / CD8+ / IgA / IgG / IgM), além de hemograma, colesterol e glicemia. RESULTADO: Todos os índices

- Realização do exame intradérmico candidina. RESULTADO: 0 (a médica falou que é como se meu corpo não combatesse o fungo, pois não houve reações no braço).

7º Tratamento (a partir de 15/10/11) por conta própria:
- CANDEX (medicamente americano que age destruindo a parede celular do fungo). Um mês de tratamento tomando 2 cápsulas 2 x ao dia entre refeições.
- Dieta alimentar: corte nos açúcares, leites, derivados, produtos com glúten e com fermento. RESELTADO: Realizei a dieta por 3 meses ininterruptos, mas sem nenhuma melhora.

8º TRATAMENTO com médica homeopata:

-Fórmula em cápsulas (Vitamina C 500mg, Cobre Quelato 0,5mg, Ácido Fólico 100mcg, Zinco Quelato 10mg, Coenzima Q10 50mg, Selênio Quelato 25mcg, Mangânes Quelato 1mg, Alfa Tocoferol 200mg, Asp. Magnésio 250mg, Vitaminas do Complexo B 60mg). Tomar 1 cápsula depois do café da manhã;

-Composto (Ignatia 30 CH, Valeriana 30CH, Ambra grisea 30CH, Coffea cruda 30CH, Capsicum 30CH, Thuya 9CH, Calcarea sulphurica 6CG). Tomar 5gts 4x ao dia.

-Aurum Metalicum. Tomar 5 gts pela manhã

-Rescue Remedy. Tomar 5gts 2x ao dia.

-Candida albicans. Tomar 4 gts à tarde

T-BR;mso-fareast-language:EN-US;mso-bidi-language: AR-SA">
OBS.: Tb já fiz uso de cápsulas de óleo de peixe, trouxinhas de alho colocada na vagina, banhos com bicarbonato de sódio e com chá de camomila, aplicação de violeta genciana, asseio com sabonete de aroeira (antifúngico) e aplicação de azeite de oliva extra-virgem no local, ingestão de cápsulas de óleo de alho (2x ao dia), Kefir e Bio Rich (Mundo Verde).

ATUALMENTE: estou tomando cápsulas de oleo de prímula 2 x ao dia, capsulas de equinácea 3x ao dia, chá de unha de gato 1x ao dia e glutamina misturada na água. Como não aguento as crises diárias, passo lidocaína na vagina para amenizar a coceira, mas arde muito e "queima". Tb tentei tomar ALLEGRA para alergia e ver se dava bem, mas como tudo que fiz antes, NÃO DEU CERTO! Marquei um novo alergologista para ministrar a vacina candidina.

Queria descobrir o que me faz sofrer tanto. Se eu soubesse quem é o inimigo, ficava mais fácil lutar. Com base em tudo isso que escrevi, qual parecer vcs podem me dar? Seria bom buscar um infectologista para minha situação?
T-BR; mso-fareast-language:EN-US;mso-bidi-language:AR-SA">


image :
Flavia Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 16.06.2012 às 13:23
PUBLICIDADE

Ressalto que nunca tomei antibióticos em demasia, somente quando o médico passava, em raros casos. Tb não tomo mais anticoncepcional, tendo parado definitivamente há meses. Nunca tive episódios de candidíase na minha vida, mas aos 28 anos parece que ela "chegou para ficar". Tb nunca engravidei, o que seria um dos fatores que podem desencadear a candidíase. Li que a candidiase sistêmica pode acarretar vários outros sintomas, dos quais apresento alguns como dor nas articulações, perda de mémória e déficit de atenção. Sempre tive uma boa saúde e dificilmente contraio gripes e resfriados, poderia eu ter imunidade baixa? Meu exame candidina deu resultado 0. Se eu não combato o fungo, pq nunca tive episódios anteriores a este estado crônico? Agradeço pela resposta as minhas perguntas. Não sei mais o que fazer.

image :
Stelevy Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 17.06.2012 às 11:50
Ola, Flavia! Inicialmente, gostaria de perguntar se alguma vez você chegou a fazer uma cultura de secrecao vaginal e teve o resultado de fungos. Isso porque o que parece candida a vezes não é, e isso muda no tratamento. Caso não tenha feito, fale com sua ginecologista para fazer. Caso tenha feito, e o resultado foi positivo, aqui estão as minha recomendacoes: inicialmente, gostaria de saber se o tratamento com o fluconazol, apesar de não ter resolvido o problema, melhorou o quadro. Caso positivo, isso mostra que pode ser candida mesmo. Se ha melhora durante o uso, mas volta quando voce para, talvez você deva usar antfungicos não só por 6 meses, mas por tempo indeterminado. A cultura de fungos que citei acima pode ser interessante também para descobrir se a candida da sua infeccao não esta resistente ao fluconazol, e se não é a hora de um ginecologista tratar com outro antifungico da escolha dele. Quanto ao fato de você nunca ter apresentado essa infeccao antes mas ela estar tão acentuada nesses ultimos anos, deve-se pesquisar causas de imunodeficiencias. Aconteceu algum trauma emocional nesses ultimos anos? Você ja fez algum teste hiv na vida? Esta tomando corticoides cronicamente? É importante ressaltar para você que imunodeficiencias podem surgir durante a vida, não sendo necessario você nascer com ela. Quanto ao relacionamento com o seu marido, é importante que voces mantenham uma intimidade sexual, por conta de reduzir suas aflicoes, que contribuem para o quadro, e pela qualidade de vida que você leva. Se você tem medo de passar para ele, por que não usar preservativo durante as relacoes? Muita atencao quanto as suas aflicoes sobre candida sistemica, Flavia: alguem falou que você podia estar com esse quadro? Certifique-se de que isso não seja fruto da sua ansiedade. Perda de memoria pode ser devido somente ao estresse que seu quadro esta te providenciando. Finalmente, é importante que você volte para um ginecologista e o questione sobre todos esses assuntos que expus. Os dois poderao montar um plano de acao que alivie seu problema. Tenha em mente de que algumas mulheres podem fazer um tratamento maior do que 6 meses de antiungicos em casos como o seu. O principal nesse caso é fazer você ficar sem sintomas. Espero ter ajudado!

image :
Stelevy Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 17.06.2012 às 11:50
Ola, Flavia! Inicialmente, gostaria de perguntar se alguma vez você chegou a fazer uma cultura de secrecao vaginal e teve o resultado de fungos. Isso porque o que parece candida a vezes não é, e isso muda no tratamento. Caso não tenha feito, fale com sua ginecologista para fazer. Caso tenha feito, e o resultado foi positivo, aqui estão as minha recomendacoes: inicialmente, gostaria de saber se o tratamento com o fluconazol, apesar de não ter resolvido o problema, melhorou o quadro. Caso positivo, isso mostra que pode ser candida mesmo. Se ha melhora durante o uso, mas volta quando voce para, talvez você deva usar antfungicos não só por 6 meses, mas por tempo indeterminado. A cultura de fungos que citei acima pode ser interessante também para descobrir se a candida da sua infeccao não esta resistente ao fluconazol, e se não é a hora de um ginecologista tratar com outro antifungico da escolha dele. Quanto ao fato de você nunca ter apresentado essa infeccao antes mas ela estar tão acentuada nesses ultimos anos, deve-se pesquisar causas de imunodeficiencias. Aconteceu algum trauma emocional nesses ultimos anos? Você ja fez algum teste hiv na vida? Esta tomando corticoides cronicamente? É importante ressaltar para você que imunodeficiencias podem surgir durante a vida, não sendo necessario você nascer com ela. Quanto ao relacionamento com o seu marido, é importante que voces mantenham uma intimidade sexual, por conta de reduzir suas aflicoes, que contribuem para o quadro, e pela qualidade de vida que você leva. Se você tem medo de passar para ele, por que não usar preservativo durante as relacoes? Muita atencao quanto as suas aflicoes sobre candida sistemica, Flavia: alguem falou que você podia estar com esse quadro? Certifique-se de que isso não seja fruto da sua ansiedade. Perda de memoria pode ser devido somente ao estresse que seu quadro esta te providenciando. Finalmente, é importante que você volte para um ginecologista e o questione sobre todos esses assuntos que expus. Os dois poderao montar um plano de acao que alivie seu problema. Tenha em mente de que algumas mulheres podem fazer um tratamento maior do que 6 meses de antiungicos em casos como o seu. O principal nesse caso é fazer você ficar sem sintomas. Espero ter ajudado!

image :
day Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 07.08.2012 às 14:39

bom. li os relatos das outras mulheres e fiquei mais assustad ainda, tenho candidiase á um ano, e já tentei quase tudo tudo com orinação médica. já usei cetoconazol, fluconazol, itraconazol, várias pomads, lactobacilos via oral, polivitamíicos, agora meu genocologista me passou lacttobacilus kronel via vaginal, e itraconazol um compri por dia durante quinze dias. mais não estou muito animada.gostaria que me ajudassem. estou cansada já afetou até meu pisicologico e meu humor essa doença. 

 


image :
Tel Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 14.10.2012 às 20:21

Olá. Li o relato da Flavia e fiquei comovida com seu sofrimento, pois so quem teve candidiase de repetição sabe o sofrimento. Eu tive, nao tenho mais. Sou adepta da homeopatia, da acupuntura, do sol da manha pra vitamina D. Mas o q resolveu meu caso de candidiase repetitiva foi o bicarbonato de sódio. Um dia fui a mais um ginecologista, que mandou fazer banho de assento de bicarbonato de sódio (desse que a gente usa na cozinha e compra no supermercado) depois de tomar o fluconazol. Isso deu uma luz pro meu caso, o banho de assento nao resolveu, mas a dica do bicarbonato de sódio resolveu. Com o uso do fluconazol percebi que sumia, por aqueles primeiros dia sarava, mas todo mês seguinte perto da menstruação voltava a candidiase. Também percebi que qdo ficava com o liquido da ejaculação da relação sexual com meu marido, logo aparecia uma nova crise de repetição de candidiase. O suor de meu marido é bem "corrosivo", não sei como classificar isso, mas o liquido da ejaculação era tb como o suor e mudava o pH da minha vagina. Nunca usei anticoncepcional por escolha filosofica, o que me beneficiou vida a fora. Então observei que as camisinhas sem lubrificante era melhor, que o esperma dele desequilibrava o ambiente equilibrado da vagina. Assim, de observação em observação, resolvi ousar e experimentalmente criei uma solução.Tomei o fluconazol, e qdo recuperada dos ferimentos, da coceira, etc, cada vez que transava com camisinha ou sem camisinha, ia ao banheiro após a relação sexual, lavava as mãos, secava as maos, ficava de cocoras e aplicava com o dedo mesmo um pouco de bicarbonato de sódio na vagina. A quantidade era tb experimental, pq se for muito doi e se for pouco não faz o efeito desejado. Colocava um tanto do po de bicabonato de sódio na palma da mão, molhava a ponta do dedo indicador na vagina mesmo, e aplicava na vagina toda aquela camada fininha da ponta do dedo desde o fundo da vagina até a entrada, mas não passe nos lábios externos. E precisa estar sem machucados pra fazer isso. Com algum tempo passado, dá pra sentir liquido descendo, então use sempre calcinha de algodão, depois dá pra sentir o liquido encharcando a calcinha, vai trocando de calcinha.


image :
Tel Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 14.10.2012 às 20:36

Continuando... o tempo passou, os anos passaram, e cada vez mais espaçado foram ficando as crises de repetição de candidiase. No inicio eu tava com uns 20 anos de idade, o método q desenvolvi pra mim com bicarbonato de sódio surgiu com uns 25 anos de idade. Durante anos fiz o controle so com o bicarbonato de sódio, pois qdo não usava logo aparecia uma crise. Depois engravidei, tive meu primeiro filho e parece que a revolução hormonal da gravidez melhorou minha resistencia as crises, e so depois de meu segundo filho e outra revolução hormonal, que resolvi so transar de camisinha, que percebi que não uso mais o bicarbonato de sodio. Nunca mais tive uma crise de candidiase. Essa experiencia eu nunca tinha contado pra alguem, espero que possa ajudar a Flavia ou outras mulheres desesperadas com esse incomodo terrivel que machuca na carne a gente e acaba com uma vida sexual saudavel. Abraços a todos.


image :
Nina Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 27.11.2012 às 17:47

Comecei a ter candidíase crônica depois de ter meu segundo filho, e não sei bem o porquê. É muito difícil. Faço uso de bicarbonato de sódio misturado com água e injeto o líquido na vagina na hora do banho por recomendação da minha ginecologista . Ameniza. É bom para prevenir crises. Já fiz vários tratamentos, inclusive com fluconazol semanal durante 1 ano. Voltou no mês seguinte ao término do tratamento. Consegui ficar 6 meses sem ter, e isso é um grande sucesso. Só que agora, hoje, ela voltou. Nunca fiz restrição alimentar, gosto bastante de doces, mas cada vez que a candidíase aparece me encorajo a tentar uma dieta radical.  Comprei o livro da Sônia Hirsch. Ela dá uma boa noção sobre tudo, inclusive dieta. É importante tentar manter um bom humor, não se deixar abater psicológicamente, pois gera stress e só piora, daí você não sabe quem iniciou primeiro, e vira um ciclo vicioso. Na crise forte é claro que não transo, mas quando melhora, sim. O que faço é lavar com bicarbonato após a relação. Acho importante manter a vida sexual ativa. Não vou perder para a cândida, mas só quem tem pode dizer o quanto é difícil não se abalar.


image :
Paulinha Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 20.12.2012 às 21:00

Boa noite gente! tenho candida de repetição com posso cura-la?


image :
Amanda Mensagem respondida por um farmacêutico(a)
Postado em 27.12.2012 às 23:07

 

Olá Flavia, fiquei comovida com o seu relato. A minha candidiase melhorou e segui basicamente as instruções desse livro aqui, veja se pode te ajudar também:

http://pt.scribd.com/doc/88633658/A-Cura-Da-Candidiase

Boa sorte! abraços

 

 

 




Leia também as ultimas 3 discussões desse fórum

Última mensagem

  • herpes frequente (30.09.2014)

    Ola, tenho herpes labial ha 15 anos e, esse ano tambem tive a genital. A labial ha 2 anos nao tenho, mas a genital tenho a cada dois ou um mes. Gostaria de ouvir a opiniao de voces,  o motivo desse herpes genital frequente. Obrigada um abra&cced
  • anemia pode matar? (30.09.2014)

    sera com anemia pode morrer
  • Tofos gotosos (28.09.2014)

               Meu marido tem 65 anos,é obeso e já teve algumas crises de gota.Fez uso de alopurinol (seguindo orientações médicas) e de naproxeno. Porém,faz uso de bebidas alco&oac
Ver também

Quickinfos top

Temas



Inscrição Newsletter


IMC

NOTÍCIAS

Alerta: ebola pode atingir 20 mil pessoas até novembro, segundo OMS

Dados da OMS apontam que epidemia de ebola pode fazer 20 mil vítimas até novembro de 2014.

Diabetes, hipertensão e tabagismo aumentam risco de Alzheimer

Estudo aponta que diabetes, tabagismo e hipertensão aumentam o risco de Alzheimer, além de outras demências.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br

Inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter !

© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 01.10.2014