Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Tratamento pé de atleta

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Primeiramente ressaltemos que assim como em tratamentos contra a acne, é necessário ser paciente antes de observar a eficiência dos medicamentos.

O tratamento, na maioria das vezes, pode ser feito utilizando somente os antifúngicos tópicos, mas em casos mais graves, antifúngicos orais podem ser necessários

Existem diferentes formas de medicamentos para tratar a micose dos pés, como:

- gel, loções, cremes, sprays. Geralmente aplicados uma a duas vezes por dia durante 4 semanas (na maioria das vezes não necessitam de prescrição médica)

- comprimidos (na maioria das vezes sob prescrição médica)

- talcos (aconselháveis se a pessoa transpira muito nos pés)

Medicamentos pé de atleta 

Tratamento pé de atleta- os triazóis (clotrimazol, econazol, sulconazol, oxiconazol, cetoconazol, miconazol), cremes antimicóticos para aplicar várias vezes ao dia, eficaz após aproximadamente um mês de tratamento.

- a alilamina (terbinafina, naftifina), em creme antimicótico a ser aplicada uma vez ao dia, eficaz após uma semana de tratamento.

Peça também conselhos ao seu farmacêutico, ele dispõe de inúmeros medicamentos para tratar de maneira eficiente a micose dos pés e poderá em casos sem resultados lhe orientar um médico.

Ler a seqüência: fitoterapia pé de atleta

Ultimas mensagens do fórum micose 

Última mensagem

Faça também SUAS PERGUNTAS NO FÓRUM MICOSE


LER TAMBEM - CRIASAUDE

PUBLICIDADE
author Observação da redação: este artigo foi modificado em 28.08.2013.
Controle de qualidade
Última atualização:
28.08.2013

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Ver também

Google search 2015


Loading

Quickinfos top

Temas



IMC

Ler também

 

NOTÍCIAS

Terapia com células-tronco mostra avanços no combate ao HIV

Terapia com células-tronca mostra resultados promissores no combate à infecção pelo HIV.

O FDA adverte contra o risco de infarto e AVC com anti-inflamatórios não esteroidais

O FDA pediu aos fabricantes de medicamentos para reforçar a bula em todos os anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs) sobre o risco de infarto ou AVC.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br




© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 27.07.2015