Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Sintomas menopausa

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Sintomas menopausa

Possíveis sintomas da pré-menopausa (antes e/ou após a menopausa)

- menstruações em geral irregulares (muito abundantes ou ao contrário, pouco abundantes), menstruações muito curtas com sangramentos possíveis entre as elas;

- distúrbios psíquicos: irritabilidade, ansiedade, tristeza;

- distúrbios físicos: seios doloridos, cefaléias, enxaquecas, aumento de peso, ondas de calor irregulares ou cistites mais freqüentes;

- possíveis distúrbios idênticos aos da menopausa (ver abaixo);

Possíveis sintomas da menopausa

- amenorréia (ausência de menstruações ou interrupção destas);

- ondas de calor (devido à perturbação da secreção de hormônios catecolaminas [adrenalina, ...], trata-se de suores frios que se produzem geralmente à noite, portanto a cama pode ficar encharcada)

Um estudo americano realizado pela Wake Forest Baptist Medical Center na Carolina do Norte (EUA), em fevereiro 2015, mostrou que mais da metade das mulheres com menopausa sofrem por mais de 7 anos com os sintomas vasomotores da menopausa, como ondas de calor e os  episódios de transpiração noturna. Este é um estudo interessante, porque mostra a longa duração desses sintomas típicos da menopausa. O estudo publicado no JAMA Internal Medicine (versão online) também mostrou que as mulheres que entraram na menopausa precoce tendem a sofrer destes sintomas por longos períodos, cerca de 12 anos;

- sinais cutâneo-mucosos (alergias,...);

- atrofia dos órgãos genitais;

- secura vaginal;

- cistites, infecções urinárias ou incontinência urinária mais freqüente;

- distúrbios psíquicos: irritabilidade, ansiedade, tristeza e depressão;

- distúrbios físicos: seios doloridos, cefaléias, enxaquecas;

- aumento de risco cardiovascular (infarto,...);

- aumento de peso; e particularmente o aumento da gordura abdominal

Ganho de peso durante a menopausa
Nos Estados Unidos estima-se que aos 50 anos de idade as mulheres ganham em média 0,5 kg por ano a partir do terceiro ano após o início da menopausa, caracterizado geralmente pelo aumento da gordura abdominal (muitas vezes há um aumento de gordura nas coxas). A diminuição da concentração de estrogênio neste período de vida da mulher explicam essas alterações. Em 2008, nos Estados Unidos 73,8% das mulheres com mais de 60 anos sofriam de obesidade abdominal (excesso de gordura abdominal). Isso representa um aumento no risco de desenvolvimento de diabetes e de doenças cardiovasculares (como o enfarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, etc.). Ler também em bons conselhos menopausa sobre o risco de consumir excesso de açúcar à noite.

- pele seca (diminuição das glândulas sebáceas); olhos secos;

- osteoporose (em longo prazo). Para sua informação, esta doença não pode ser tratada (ver em tratamento) com um tratamento de substituição hormonal (TRH), no entanto, a tomada de bifosfotos pode ter um efeito positivo (melhora de 70% da calcificação e da densidade óssea).

- cabelos mais finos

- distúrbios do sono

Continuação: diagnóstico menopausa

Ultimas mensagens do fórum menopausa

Última mensagem

  • Menopausa compensação hormonal à cerca de 9 anos (21.10.2014)

     Faço compensação hormonal quiniva à cerca de 9 anos. Gostaria de terminar mas tenho receio. Sei qque há contraindicações. Mas o meu médico insiste para que eu continui. Tenho 61 anos. Pode
  • Menopausa 49 anos 2 ou 3 meses (30.08.2014)

    tenho 49 anos e faz mais ou menos 2 a 3 meses que não menstruo, será que já estou na menopausa? e posso fazer relação sexual com meu marido sem preservativo?
  • Menopausa e muito frio (02.08.2014)

    Sou menopausada a 20 anos(precoce). Este ano tive muita acne no rosto e nas costas. Então o Endo me receitou Androcur. Tomei por 7 meses . Diz a ginecologista que estou passando por este destempero porque elevou meu estrogênio.Quase n&at

Faça também SUAS PERGUNTAS NO FÓRUM MENOPAUSA 


LER TAMBEM - CRIASAUDE

PUBLICIDADE
author Observação da redação: este artigo foi modificado em 16.06.2015.
Controle de qualidade
Última atualização:
16.06.2015

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Ver também

Google search 2015


Loading

Quickinfos top

Temas



IMC

NOTÍCIAS

Terapia com células-tronco mostra avanços no combate ao HIV

Terapia com células-tronca mostra resultados promissores no combate à infecção pelo HIV.

O FDA adverte contra o risco de infarto e AVC com anti-inflamatórios não esteroidais

O FDA pediu aos fabricantes de medicamentos para reforçar a bula em todos os anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs) sobre o risco de infarto ou AVC.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br




© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 29.07.2015