Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
Registre-se | Conectar:
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Tratamento gripe

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Remédios para gripe

Distinguimos dois tipos de tratamentos na terapia da gripe, os tratamentos que agem na causa e os que agem nos sintomas:

1. Tratamentos que agem na causa

Os tratamentos que agem na causa, principalmente a vacinação são, recomendados, sobretudo (segundo o parecer e a prescrição médica) para os grupos de risco ou para as pessoas que profissionalmente não querem ou não podem ficar doentes (em caso de epidemia, por exemplo), mas também para todos aqueles que não querem ficar gripados por qualquer razão que seja.

A. Tratamentos preventivos

1. Vacina contra a gripe

Vacina contra a gripe - A vacinação contra a gripe é o meio mais eficaz de prevenção contra a doença.

- Determinadas pessoas, as pertencentes aos grupos de risco devem se vacinar.

- Existem diferentes marcas de vacinas contra a gripe que são vendidas em farmácias sob prescrição médica. As vacinas contra a gripe são quase sempre compostas de um vírus inativo da gripe.

- A vacina contra a gripe é eficaz, graças à ativação de anticorpos do corpo humano, específicos contra o vírus da gripe. Sendo assim, quando a gripe estiver presente na sociedade, a pessoa vacinada já terá anticorpos (se a vacina for eficaz) para combater o vírus da gripe.

- A injeção da vacina da gripe deve ser feita todo ano

- A vacina torna-se eficaz entre 15 a 20 dias após o dia da vacinação.

-A vacina tem uma eficácia de 70 a 90% e em função dos anos, pois isso também depende da escolha da vacina (efetuada pela OMS no verão).

2. Inibidores da neuraminidase (zanamivir, oseltamivir), peça conselhos ao seu médico, pois estes medicamentos são vendidos sob prescrição médica.

3. Inibidores dos canais de íon M2 (amantadina), peça conselhos ao seu médico, pois estes medicamentos são vendidos sob prescrição médica.

4. Remédios à basede equinácea, consulte o seu farmacêutico para saber quais as marcas que fabricam esses remédios no seu país, pois estes também podem exercer um efeito preventivo.


5. Remédios homeopáticos, consulte o seu farmacêutico para saber quais as marcas que fabricam esses remédios no seu país, mas nós não asseguramos a eficácia desses remédios.

B. Medicamentos que diminuem a intensidade da gripe, reduzindo o número de vírus (carga viral), uma vez que esta estiver evidenciada:

- Inibidores da neuraminidase (zanamivir, oseltamivir [Tamiflu®]), vendidos sob prescrição médica, converse com o seu médico. O tratamento à base de um inibidor da neuraminidase (Tamiflu® ou Relenza®) é mais eficaz se administrado nas primeiras 48 horas após a constatação dos primeiros sintomas da gripe A.

Um estudo publicado em abril de 2014, na revista "British Medical Journal", mostrou que o Tamiflu não era muito eficaz no tratamento da gripe. De acordo com este estudo, o Tamiflu reduz a duração dos sintomas da gripe de 7 dias para 6,3 dias, o que é insignificante. Os pesquisadores também acreditam que o Tamiflu pode levar a efeitos colaterais às vezes problemáticos, tais como náuseas e vômitos.

- Inibidores dos canais de íon M2, que inibem o "uncoating" ou seja, a liberação do vírus na célula infectada (amantadina), vendidos sob prescrição médica, converse com o seu médico.

- Medicamentos à base de equinácea, converse com o seu farmacêutico para saber o nome das marcas que fabricam esses medicamentos no seu país. Esta planta pode também agilizar a cura e melhorar os sintomas da gripe.

2. Medicamentos que agem nos sintomas (medicação sintomática)

Esses remédios visam acalmar a dor e a febre, mas é muito importante principalmente ficar em repouso!

- remédios antidor e febrífugos (paracetamol)

- remédios contra a coriza, em tomada por via oral (para aliviar a obstrução nasal)

- remédios anti-tosse para apaziguar a tosse

- remédios contra as dores de garganta

Observação: a administração de antibióticos (sob prescrição médica estrita) é feita apenas em caso de superinfecção bacteriana das vias respiratórias (por exemplo, em caso de pneumonia), pois a gripe é uma doença viral, e neste caso nenhum antibiótico é eficaz. > ver também: complicações da gripe: pneumonia

Quem deve se vacinar contra a gripe?

A vacinação contra a gripe deve ser feita todo ano em maio (no Brasil) naqueles que querem evitar a gripe. Esta vacinação é particularmente recomendada para os grupos de risco seguintes:

- pessoas com mais de 60 anos

- pessoas em contato com doentes ou trabalhadores das unidades de saúde (enfermeiros,...ajudantes de hospitais)

- pessoas que sofrem de doenças crônicas (diabetes, etc.) e em particular de doenças cardiovasculares. De fato, registra-se um aumento de cerca de 20 % nos casos de doenças cardíacas, como o infarto do miocárdio, durante a época da gripe.

De acordo com um estudo publicado pela Revista da Associação Médica do Canadá (Canadian Medical Association Journal), em 2010, a vacinação contra a gripe permitiria a redução em cerca de 19 % do risco de ocorrência de um primeiro infarto de miocárdio e de cerca de 30 % quando a mesma se destina a proteger seus pacientes de riscos cardiovasculares.

Um outro estudo publicado em 2012, conduzido por investigadores brasileiros, incidindo sobre 190.000 pacientes de hospitais públicos da cidade de São Paulo (Brasil), chega praticamente às mesmas conclusões que as publicadas na Revista da Associação Médica do Canadá. O estudo brasileiro observou um aumento de cerca de 20 % nos casos de doenças cardíacas durante o período de julho a agosto (inverno, nesta região do Brasil). Obtenha mais informações sobre a gripe e o infarto

- gestantes (em qualquer idade gestacional)

- mulheres até 45 dias após o parto

- povos indígenas

- população prisional (presos)

- crianças de 6 meses até 2 anos
Observação: nos Estados Unidos, as crianças com menos de 2 anos devem se vacinar conforme a indicação das autoridades; já na França (segundo nosso conhecimento) não existe nenhuma recomendação deste tipo para crianças dessa idade, somente para pessoas que possuem doenças crônicas.

No Brasil ocorrem campanhas de vacinação para pessoas idosas e grupos de risco em vários estados, principalmente no mês de abril e maio.

Ler a seqüência: fitoterapia gripe

Ultimas mensagens do fórum gripe

Última mensagem

Faça também SUAS PERGUNTAS NO FÓRUM GRIPE


author Observação da redação: este artigo foi modificado em 19.07.2014.
Controle de qualidade
Última atualização:
19.07.2014

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Ver também
PUBLICIDADE

Quickinfos top

Temas



IMC

NOTÍCIAS

Brasil tem cerca de 40% da população com alguma doença crônica

De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde e IBGE, Brasil tem cerca de 40% da população com doença crônica.

10 dicas para perder a barriga

O Criasaude fez uma lista com dicas para você secar a barriga antes do verão.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br



© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 19.12.2014