PUBLICIDADE
Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
Registre-se | Conectar:
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Luxação

PUBLICIDADE

Entender a doença Tratamento & Prevenção Interativo
Definição Tratamento (remédios) Perguntas aos farmacêuticos
Estatísticas Fitoterapia
Causas Homeopatia
Grupos de risco Dicas
Sintomas Prevenção
Diagnóstico
Complicações

Resumo - Luxação

Luxação

A luxação é um deslocamento de um ou mais ossos de uma articulação e pode envolver separação completa das superfícies de contato ou parcial (subluxação). As luxações mais comuns são: luxação de ombro, luxação patelar (no joelho), luxação congênita do quadril, luxação de cotovelo, etc.

As causas das luxações são traumas que acometem as articulações, deslocando o osso do seu devido lugar. Além disso, outros fatores podem contribuir como artrite reumatóide, fatores genéticos, doença de Ehlers-Danlos, etc.

Pessoas mais propensas a quedas, como idosos e crianças, e atletas que recebem alto impacto nas articulações constituem grupo de risco para luxação.

Os sintomas iniciais são dores e impossibilidade de realizar o movimento fisiológico do osso deslocado. Com o rompimento de tecidos moles da articulação, desenvolve-se uma inflamação no local que antecede uma reação de cicatrização no local para recuperação dos tecidos perdidos. O diagnostico normalmente é feito com o emprego do Raio-X.

luxação resumoAs formas de tratar as luxações incluem uso de antiinflamatórios e procedimentos cirúrgicos para recolocação do osso no devido lugar. É importante também que se imobilize a parte afetada para cicatrização e recuperação dos movimentos. A fisioterapia é indicada em muitos casos para fortalecimento dos músculos e recuperação dos movimentos.

Plantas medicinais normalmente utilizadas possuem ação antiinflamatória, como a arnica. Alguns procedimentos de como prevenir as luxações são: supervisionar pacientes propensos a quedas, prática adequada de movimentos bruscos e uso de equipamentos de segurança nos esportes. Algumas dicas de como proceder em caso de luxação são: siga rigorosamente as dicas de seu médico para que a recuperação seja rápida, não tente colocar o osso de volta no lugar, não mova o paciente de local, etc. Aplicações de bolsas de água fria e quente ajudam na recuperação e alívio da dor.



Entrevista com a gerontóloga e cuidadora Marisa Pacheco, de São Paulo, sobre luxação:

Criasaude - Marisa, hoje em dia, em sua opinião, qual o principal grupo de risco para as luxações?
Marisa - Hoje em dia muitas pessoas estão sujeitas a deslocar uma articulação. Além das pessoas que fazem exercícios físicos esporadicamente e sem supervisão (os chamados “atletas” eventuais), a má situação das ruas e calçadas favorece muito as quedas, torções e luxações. É preciso tomar muito cuidado para não ter uma fratura ou algum trauma mais severo. Mas de todas as pessoas suscetíveis a lesões ortopédicas, eu diria que o principal grupo de risco são os idosos.

E por que os idosos têm mais risco de luxar uma articulação?
Os idosos acumulam diversos fatores de risco para lesões ortopédicas. Primeiramente eles possuem elementos articulares mais frágeis: há desgaste das cartilagens e elementos ósseos, falta de elasticidade dos tendões e outros tecidos moles. Além disso, muitos idosos são sedentários e têm músculos enfraquecidos, o que faz com que as articulações sejam mais sujeitas a danos. Para complicar mais ainda o quadro, muitos pacientes têm distúrbios do equilíbrio (como labirintite) e caem com freqüência. Essas quedas, além de arranhões e hematomas, podem causar contusões, luxações e até fraturas.

Os antiinflamatórios na forma de gel ou creme ajudam no tratamento?
A luxação é um trauma ortopédico um pouco mais grave que as contusões e entorses (comumente conhecidas como “torções”). Dessa forma, a melhor medida a ser tomada é enviar o paciente diretamente para o médico e não mexer na área traumatizada. O médico tentará colocar a articulação no lugar e receitará os medicamentos adequados.

Para finalizar, qual a sua dica para evitar as luxações?
As luxações, entorses e outros traumas ortopédicos podem ser evitados com cuidados diários simples. Olhar por onde pisa, se segurar ao descer ou subir uma escada evita muitos acidentes. Para idosos, é importante que eles tenham cuidados redobrados. Se o idoso possui labirintite, é fundamental       que utilize todos os remédios. Ainda falando de idosos, os cuidadores (familiares, enfermeiros, gerontólogos) devem sempre estar alerta ao ambiente que o idoso frequenta. Por vezes serão necessárias algumas modificações, como instalação de corrimãos ou tapetes antiderrapantes.

Entrevista realizada por Matheus de Sá (farmacêutico) em Agosto de 2012

Ler a sequência: definição de luxação


author Observação da redação: este artigo foi modificado em 15.06.2014.
Controle de qualidade
Última atualização:
15.06.2014

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Ver também

PUBLICIDADE

Quickinfos top

Temas



Inscrição Newsletter


IMC

NOTÍCIAS

5 informações essenciais sobre o infarto cardíaco em mulheres

Conheça 5 informações importantes sobre o risco de infarto do coração em mulheres.

Carência de vitamina D associada ao mal de Alzheimer

Estudo aponta que a carência vitamina D, produzida ao se tomar sol, pode causar o mal de Alzheimer.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br

Inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter !

© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 01.09.2014