Publicidade

Beber refrigerante aumenta o risco de acidente cardiovascular

WASHINGTON – Pessoas que ingerem refrigerante “diet” cotidianamente possuem um maior risco de acidente vascular (61% a mais) em comparação com aqueles que não consomem nenhum refrigerante, de acordo com a pesquisa publicada no dia 16.02.2011.

Publicidade

Este estudo foi realizado com 2.564 pessoas em Nova York, como parte de um projeto chamado “Northern Manhattan Study (nomas)”.

“Se esses resultados forem confirmados por outros estudos, isso indica que o refrigerante diet não é o melhor substituto para as bebidas açucaradas para reduzir o risco cardiovascular”, disse a Dra. Hannah Gardener, epidemiologista da Faculdade de Medicina da Universidade de Miami, Flórida (Sudeste).

Ela é a principal autora deste trabalho apresentado na Conferência Anual Internacional da reunião da American Stroke Association, neste mês em Los Angeles (Califórnia). Para este estudo, os pesquisadores pediram aos participantes no início, que dissessem o tipo e a quantidade de refrigerante que eles consomem.

A partir de suas respostas, eles foram agrupados em sete categorias, desde aqueles que nunca bebem, àqueles que bebiam moderadamente (uma vez por mês a seis vezes por semana) e cotidianamente (pelo menos uma vez por dia).

Durante um período de seguimento de 9,3 anos, houve 559 acidentes vasculares no grupo, incluindo acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico (causado por um coágulo em um vaso) e hemorrágico, decorrente da ruptura de um vaso sangüíneo. Os grandes consumidores de refrigerante “diet” tiveram um risco de acidente vascular 61% superior aos outros.

Os autores do estudo levaram em conta a idade, o sexo e etnia dos participantes, assim como ser fumante, ser fisicamente ativo ou sedentário, seu consumo de álcool e regime alimentar. Mas mesmo tendo em conta outros fatores, como excesso de peso e antecedentes de doença cardíaca, o aumento do risco cardiovascular para aqueles que ingerem refrigerante “diet” cotidianamente ainda era de 48%.

18 de Fevereiro de 2011

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 14.04.2017

Publicidade