PUBLICIDADE
Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
Registre-se | Conectar:
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Citalopram

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

citalopramResumo
O citalopram é indicado, principalmente, no tratamento de depressão, síndrome do pânico e transtorno obsessivo compulsivo (TOC). Age inibindo a recaptura de serotonina, molécula que age na comunicação dos neurônios e que se apresenta em níveis mais baixos em pessoas com depressão.

Deve ser tomado preferencialmente pela manhã, com água, acompanhado ou não de comida e sem perder nehuma dose.

Este medicamento deve ser prescrito por um médico com receita em duas vias, uma para ficar com o paciente e a outra para ficar retina na farmácia. Não utilize este medicamento sem o acompanhamento médico.

Sobre a molécula citalopram
Nome químico: 1-[3-(dimethylamino)propyl]-1-(4-fluorophenyl)-1,3-dihydroisobenzofuran-5-carbonitrile

Nomes da molécula: citalopram

Nomes comerciais: alcytam, bromidrato de citalopram (genérico), celapram, cipramil, citagran, citalopram (genérico), citta, denyl, maxapran, procimax, procimax, tensiopax, zoxipan, zycitapran.

Dose 
Depressão: dose inicial de 20mg

Síndrome do pânico: dose inicial de 10mg

Dose máxima: 60mg/dia, embora a cima de 40mg seja considerada somente para casos especiais.

Ajuste de dose pode ser necessário para idosos (> 65 anos), pessoas com problemas grave de fígado ou rim e para crianças.  Sendo a dose máxima recomendada para este grupo de 40mg.

Posologia
- Depressão: dose inicial de 20mg 1 vez ao dia, pode ser aumentada em 20mg com um intervalo de no mínimo uma semana, podendo chegar a 60mg por dia (ver também: contra-indicações).

- Síndrome do pânico: dose inicial de 10mg 1 vez ao dia, pode ser aumentada em 20mg com um intervalo de no mínimo uma semana, podendo chegar a 60mg por dia (ver também: contra-indicações).

Não se deve parar de tomar o citalopram abruptamente, pois pode causar alguns efeitos não desejáveis. Portanto deve-se diminuir a dose gradativamente.

Para melhor eficácia do tratamento, confira as dicas.

Indicações
Depressão, síndrome do pânico, transtorno compulsivo obsessivo (TOC)

Também pode ser utilizado no tratamento antitabagismo e abuso de álcool.

Efeitos
Antidepressivo

Inibidor seletivo de recaptação seretonina, aumentado os níveis de serotonina no cérebro.

A serotonina, que é uma molécula que atua na comunicação entre os neurônios e aparentemente interfere na liberação de alguns hormônios, regulação do ritmo cardíaco, sono e apetite. Estudos comprovam que pessoas com depressão possuem níveis baixo de serotonina no cérebro.

A melhora em hábitos alimentares e de sono tendem a contecer raidamente, outros sinais podem levar de 4 a 6 semanas para melhorarem.

Efeitos adversos
Sonolência, visão embaçada, confusão mental, nervosismo, excitação, dor de cabeça, insônia, boca seca, problemas estomacais e sexuais (tende a voltar ao normal).  

Há um aumento no risco de pensamentos e comportamento suicida em depressões profundas, é necessário observação.

Contra-indicações
Este medicamento não deve ser utilizado:

- em casos de alergia ao citalopram,

- por pessoas com prolongamento QT no ECG. Caso tenha problemas no coração realizar um ECG antes de iniciar o tratamento com citalopram.

- por pessoas que tenham tomado isocarboxazida, fenelzina ou tranilcipromina nos últimos 14 dias (risco de pressão alta)

- por lactantes

Interações medicamentosas
- isocarboxazida, fenelzina, tranilcipromina

- cimetidina

- anticoagulasntes e antiplaquetários (aspirina, warfarina...), aumenta o risco de asngramento

- álcool

Existem outras interações medicamentosas menos frequentes, consulte o seu médico antes de tomar qualquer medicamento durante o tratamento com o citalopram.

Gravidez e lactação
Durante a gravidez existem indícios de causar  problemas pulmonares no bebê, mas os estudos são muito controversos, ficando a cargo do médico decidir se deve ser utilizado ou não durante a gravidez.

Durante a lactação, não é recomendado o uso do citalopram, pois os metabólitos do medicamento são excretados no leite, mas o médico deve analisar o risco benefício antes de prescrever o citalopram.  

Apresentações farmacêuticas
- comprimido: 20mg, 40mg

- comprimido revestido: 20 mg

Superdosagem
Os sintomas da intoxicação ou superdosagem com citalopram são: chiado, dor no peito, febre, coceira, tosse, pele azulada, tontura, suor no rosto, inchaço (rosto, lábios, língua ou garganta), problemas de respiração, desmaios, sangramentos, problemas estomacais, erupções.

Em casos de suspeita de superdosagem, procure imediatamente um médico.

Dicas

Para obter um melhor efeitodicas citalopram:
- não perca nenhuma dosa

- não mastigar o comprimido

- procure tomá-lo no período da manhã

- tomar com água

- tome com comida caso haja desconfortos estomacais. Quem não tem problemas estomacais pode tomar com ou sem comida

Se você perder uma dose, tome-a assim que lembrar. Caso você lembre muito perto do horário da próxima dose, não tome a dose esquecida e sim a próxima dose.

Nunca tome duas doses ao mesmo tempo ou doses a mais.

Não mude suas doses ou pare de tomar o medicamento sem o conhecimento prévio de seu médico.

Algumas pessoas ficam sonolentas após tomar o citalopram, portanto evite dirigir ou realizar atividades perigosas até saber como seu organismo reage a este medicamento.

Evite consumir álcool, outros medicamentos ou plantas medicinais que o façam perder a atenção.

Consulte seu médico antes de utilizar outros medicamentos em conjunto com citalopram, além de informá-los dos medicamentos já utilizados. Este medicamento pode se tornar inseguro quando utilizado em conjunto com outros.

Leia a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Informe ao médico episódios de alergias a qualquer tipo de medicamento.

Observação da redação: este artigo foi modificado em 11.10.2013.
Controllo di qualità
Última atualização:
11.10.2013

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Ver também

PUBLICIDADE

Quickinfos top

Temas



Inscrição Newsletter


IMC

NOTÍCIAS

Extrato de espinafre diminui vontade de comer e ajuda na perda de peso

Um extrato de espinafre contendo membranas de folhas verdes diminui a fome hedônica em até 95%, e aumenta a perda de peso com 43%.

Junk food, gota e raquitismo em alta no Reino Unido

Especialistas alertam para o crescimento do consumo de junk food e doenças relacionadas, como gota e obesidade.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br

Inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter !

© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 17.09.2014