Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Candidíase

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Candidíase - Micoses vaginais (Resumo)

Candidíase - Micoses vaginais

As micoses vaginais ou candidíase afetam inúmeras mulheres, 75% das mulheres são afetadas pelo menos uma vez na vida, sendo as mulheres que apresentam ciclo menstrual as mais afetadas.

A candidíase é causada por fungos do gênero Candida, a espécie Candida albicans é responsável por 80 a 92% dos casos, mas estudos recentes demonstram que o número de casos de candidíase causada por outras espécies (C.glabrata e C.krusei) está aumentando.

A C. albicans é um fungo encontrado naturalmente na mucosa gastrointestinal do ser humano e na mucosa genital da mulher, a doença ocorre quando há um crescimento excessivo deste fungo e alguns fatores podem favorecer este crescimento, como: variações hormonais, gravidez, diabetes, uso de medicamentos (antibióticos, esteroides, antineoplásicos, pílulas anticoncepcionais, etc), estresse, higiene excessiva e atividade sexual.

Os primeiros sintomas são irritação, coceira e vermelhidão na vulva e região genital. Estes sintomas podem ser seguidos de dores no local, dores ao urinar, corrimento (esbranquiçado ou aquoso, geralmente sem odor).

O diagnóstico deve ser feito através de exame médico, onde pode haver a coleta de secreção para confirmação de candidíase e de espécie. Não se deve realizar o auto-diagnóstico, frequentemente estão errados, pois os sintomas da candidíase podem ser confundidos com infecções bacterianas, doenças sexualmente transmissíveis (tricomoníase, herpes genital), alergia, infecção por outros fungos.

Candidíase tratamentoO tratamento deve ser prescrito pelo médico e pode ser através de cremes e comprimidos vaginais, o tratamento em conjunto tende ser mais eficaz. As moléculas mais utilizadas são: clotrimazol, miconazol e nistatina. Em casos mais graves há possibilidade da utilização de comprimidos orais, como o fluconazol. A duração do tratamento pode variar de 1 dia à 14 dias, não interferindo na eficácia.

Além dos tratamentos convencionais, existem algumas plantas medicinais que podem ser utilizadas, como: tea tree, aroeiracapim limão e calêndula

Algumas dicas podem auxiliar no tratamento, como: relaxar, pois o estresse pode ser um desencadeador; evitar relações sexuais durante a micose vaginal, para evitar o contágio do parceiro; aplicar compressas frias na região.

Alimentação rica em iogurtes probióticos, utilizar sabonetes neutros, evitar roupas apertadas e de tecido sintáticos, utilização de preservativos durante as relações sexuais podem auxiliar a prevenir a candidíase.

Ler a seqüência: definição - remedio para candidiase

Perguntas e Respostas (Fórum do Criasaude)
Meu filho tem 40 anos, está sofrendo com esse problema a mais ou menos um ano sem melhora. Como está separado da esposa não sabe como se contaminou. Gostaria de saber se tem algum medicamento caseiro que eu possa ajudá-lo. a contaminação é sempre via relação sexual?

Resposta do farmacêutico (por Adriana Sumi)
A candidíase é causada por um fungo chamado Candida albicans, a infecção em homens pode ocorrer pelo contato sexual sem o uso de preservativo, mas também pode ocorrer através da proliferação deste fungo de sua própria pele, pois a cândida albicans vive normalmente na pele de todos, principalmente em locais úmidos e abafados como a vagina e boca.  Torna-se um problema quando sua proliferação aumenta muito, na maioria das vezes quando nossa imunidade está debilitada ou a flora bacteriana de nossa pele muda.

Na maioria das vezes em que homens manifestam esta infecção no pênis, que não é um local de preferência do fungo, também existe outro problema de saúde mais grave que cria as condições para a proliferação do fungo ou então está associado com o uso prolongado de antibióticos. As doenças que geralmente estão associadas são: diabetes, doenças imunossupressoras (com AIDS), desnutrição.

Outros fatores que podem estar associados com o surgimento da candidíase em homens são:  parceira com múltiplos episódios de candidíase, uso de antibióticos, uso de medicamentos imunossupressores (glicocorticoides), quimioterapia, uso de drogas pesadas e estresse. Já foi comprovado cientificamente que o estresse pode ser responsável por uma queda na imunidade.

O tratamento para homens geralmente é através do uso de pomadas antifúngicas, geralmente fluconasol, por 7 a 10 dias. Nos casos em que há persistência da doença, é possível o uso de antifúngicos oralmente por até 14 dias. Fale com um médico antes de utilizar qualquer antifúngico.

Também existem outras medidas que podem ser tomadas, como o uso de plantas medicinais. Veja em: fitoterapia candidíase

Entender a doença Tratamento & Prevenção Interativo
Definição Tratamento (remédios) Fórum
Causas Fitoterapia Perguntas aos farmacêuticos
Sintomas Dicas
Diagnóstico

LER TAMBEM - CRIASAUDE

PUBLICIDADE
Observação da redação: este artigo foi modificado em 27.06.2014.
Controllo di qualità
Última atualização:
27.06.2014

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Google search 2015


Loading

Quickinfos top

Temas



IMC

NOTÍCIAS

12 doenças que podem ser prevenidas bebendo muito líquido

Conheça 12 doenças que podem ser prevenidas e tratadas bebendo bastante líquido.

Febre zika chega ao Estado de SP

A doença atingiu um homem de 52 anos morador de Sumaré, SP. Ela tem sintomas semelhantes à dengue e é transmitida pelo mesmo mosquito.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br




© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 27.05.2015