Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Espinheiro-branco

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Espinheiro-branco          Resumo
Espinheiro-branco: planta medicinal indicada em caso de problemas cardíacos, é apresentada quase sempre em forma de gotas, comprimidos ou cápsulas.

Nomes
Nomes em português:
espinheiro-branco, espinheiro-alvar, pilriteiro, crataegus, crataegos, cratego
Nome latim: Crataegus laevigata, oxyacantha, monogyna
Nom inglês: hawthorn
Nome francês: Aubépine
Nome alemão: Weissdorn
Nome italiano: biancospino

Família
Rosaceae

Componentes
Flavonóides (vitexina...), glicosídios, proantocianidinas e epicatequina.

Partes utilizadas
Folhas, frutos (bagas) e flores secas.

Efeitos do espinheiro-branco
Anti-arritmíco, cardiotônico, inotrópico positivo, hipotensor, vaso-dilatador e vaso-constritor.

Indicações do espinheiro-branco
Problemas cardíacos: por exemplo, em caso de palpitações, sensação de opressão na região próxima ao coraçã, problemas cardíacos de origem nervosa, hipertensão, ansiedade, distúrbios do sono (origem nervosa), estresse.

A tomar desde os primeiros sintomas. Eficaz após um tratamento em longo prazo.

Atenção!
Este medicamento pode aliviar em caso de problemas cardíacos leves a moderados, no entanto, somente um médico poderá fazer um diagnóstico exato e curar o seu problema cardíaco. 

Efeitos secundários
Na compra de um medicamento queira ler a bula e pedir conselhos a um especialista.

Contra-indicações
Segundo advertência médica é contra-indicado em casos gravidez e aleitamento. Na compra de um medicamento queira ler a bula e pedir conselhos a um especialista.

Interações
Possíveis interações com outros medicamentos. Na compra de um medicamento, queira ler a bula e pedir conselhos a um especialista.

Preparações à base de espinheiro-branco

- Comprimido ou drágea de espinheiro branco

- Cápsula de espinheiro branco

- Infusão de espinheiro branco (chá de espinheiro branco)

- Gota de espinheiro branco (à base de tintura de espinheiro branco)

- Decocção de espinheiro branco

Onde cresce o espinheiro-branco ?
O espinheiro-branco cresce na Europa, na Ásia e na América, nas regiões temperadas.

Quando colher as bagas do espinheiro-branco ?
As bagas vermelhas do espinheiro-branco (frutas ou bagas de espinheiro-branco) são principalmente colhidas no outono. As folhas do espinheiro-branco são colhidas de preferência na primavera (precoce), mas também no verão ou no outono. As flores (usadas ​​em casos de problemas cardíacos) são colhidas na primavera ou no verão.

Observações
Planta útil no tratamento de problemas cardíacos leves, nos primeiros estágios da doença. (estágios I e II – segundo a NYHA: associação de cardiologistas de Nova Iorque - isto é, de dores e problemas cardíacos após um esforço importante). Diversos estudos clínicos comprovaram a eficácia desta planta. A tomar desde os primeiros sintomas e de preferência em forma sólida (comprimido, cápsula, drágea). Trata-se de um tratamento eficiente em longo prazo.

Atenção! Este medicamento pode aliviar em caso de problemas cardíacos leves a moderados, no entanto, não hesite a consultar o seu médico, pois somente ele poderá fazer um diagnóstico exato.

Foto espinheiro-branco

LER TAMBEM - CRIASAUDE
PUBLICIDADE
Observação da redação: este artigo foi modificado em 28.07.2014.
Controllo di qualità
Última atualização:
28.07.2014

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Ver também

Google search 2015


Loading

Quickinfos top

Temas



IMC

NOTÍCIAS

Consumir azeite de oliva e nozes ajuda no bom funcionamento do cérebro de idosos

Pesquisadores espanhóis mostraram que comer mais azeite e nozes permite aumentar o desempenho do cérebro em idosos.

12 doenças que podem ser prevenidas bebendo muito líquido

Conheça 12 doenças que podem ser prevenidas e tratadas bebendo bastante líquido.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br




© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 03.06.2015