Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Acupuntura

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

acupuncturaA acupuntura, do latim « acus » (agulha), tem a sua raíz na medicina chinesa tradicional. Esta arte terapêutica se caracteriza pela implantação de agulhas especiais em pontos estratégicos do corpo.

A noção de Qi e de meridianos
A tradição chinesa considera o homem como uma combinação de corpo material e de energia (Qi). Esta energia tem por vocação animar o corpo físico e é o equilíbrio entre esses dois elementos que determina o nosso estado de saúde. Uma perturbação desta harmonia seria portanto, a origem das nossas doenças, afetando a energia e se traduzindo por dores e sintomas variados. O princípio da acupuntura é simples, quando a energia é bloqueada em uma parte do corpo, as outras regiões estarão em déficit energético. O acupunturista vai tentar solucionar isso com o auxílio das agulhas. O objetivo do tratamento é o estabelecimento do equilíbrio, regularizando o Qi. O seu diagnóstico consiste assim em identificar em qual nível a energia está bloqueada e qual a razão.

A energia circula no corpo através de dois tipos de condutores: os meridianos principais e os meridianos secundários. Os meridianos principais são 12 e pontilhados de pontos constituintes das zonas estratégicas para o tratamento. Esses pontos não são dotados de nenhuma virtude terapêutica, eles apenas permitem agir sobre os fluxos das energias. Os pontos mais eficazes para estimular são os que estão situados perto das extremidades. Na verdade, cada meridiano principal começa sempre na ponta de um dedo da mão ou do pé. Graças aos meridianos, o organismo recebe a energia em forma de nutrientes ou informações provenientes do exterior. Entretanto, eles abrem também a via para as doenças.

acupuntura na práticaA acupuntura na prática
A implantação da agulha na pele é raramente dolorosa, mas a precisão é necessária. O paciente não deve sentir nada em um local específico, mas ele pode sentir a picada a um ou dois milimetros de distância. Inicialmente foram listados 360 pontos nos meridianos do conjunto do corpo, em seguida outros pontos foram descobertos e contamos hoje mais de 2000 pontos. A acupuntura tem um efeito relaxante e algumas pessoas podem até mesmo cair no sono durante a sessão. O acupunturista utiliza geralmente de 1 a 15 agulhas, e uma sessão pode durar até 40 minutos, conforme o tratatamento. O paciente pode sentir um ligeiro formigamento e até mesmo dormência no corpo, mas isso não deve ser motivo de preocupação, pois isso é totalmente normal no momento da inserção da agulha. Em caso de fadiga após o tratamento, e se houver vermelhidão em volta do local das picadas é melhor informar ao acupunturista.  

Os cinco elementos da acupuntura
O equilíbrio do corpo depende do ambiente no qual o homem evolui. Este deve estar sempre em harmonia com os 5 principais elementos da natureza : a madeira, o fogo, a terra, o metal e a água. Esses elementos servem como referência ao acupunturista para determinar o resultado energético do paciente, e para que seja prescrito o tratamento mais adequado. O acupunturista irá efeturar um exame detalhado através da observação, de perguntas, do toque e do cheiro corporal do paciente.

As variantes da acupuntura
A acupuntura possui diversas variantes:

- a acupressão, conhecida também como « acupuntura sem agulhas ». Nela, o médico utiliza a pressão do dedo, do cotovelo ou do pé durante a sessão;

- a acupuntura a laser, que consiste em estimular as diferentes zonas estratégicas com o calor. Ela é geralmente utilizada para o tratamento de pacientes ainda muito jovens ou sensíveis e durante a estimulação prolongada.

- a moxibustão, um método baseado no uso da artemísia ou moxas para esquentar os pontos da acupuntura.

Os benefícios da acupuntura
A acupuntura contribui bastante com a prevenção  de males correntes e no reforço das defesas naturais, através da criação de um  terreno desfavorável ao crescimento dos germes portadores das doenças. Na verdade, agir sobre a rota da energia com a ajuda das agulhas permite estimular a circulação das substâncias, assim como a atividade funcional das vísceras.

A acupuntura também é preconizada como um tratamento complementar a outras práticas: como para tratar determinadas doenças músculo-esqueléticas, como a tendinite ou a artrite ; respiratórias tais como a bronquite e a asma; gastrointestinais, como a diarréia; e nervosas, como o estresse ou a depressão.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) publicou em 2002 uma lista das afecções que podem ser tratadas através da acupuntura. No total são 28, e entre elas estão a enxaqueca, os vômitos e as dores pós-cirúrgicas, e os distúrbios articulatórios como a epicondilite lateral.

Limites e riscos da acunputura
Nenhum estudo científico possibilitou até hoje a verificação da validade da teoria da acupuntura. Ela não pode acabar com deficiências genéticas e algumas doenças graves, mas é importante  reconhecer que esta terapia possui virtudes extraodinárias, e os cientistas estão persuadidos que ela age na região da transmissão da dor ou na própria origem.

A prática da acupuntura requer um perfeito domínio sobre a terapia. O uso de agulhas não apropriadas ou a implantação delas em zonas sensíveis podem trazer efeitos nocivos.  Aliás, as agulhas devem ser esterilizadas ou utilizadas uma só vez, para evitar a transmissão de infecções ou outras doenças. É função do acupunturista após um interrogatório médico, julgar se um paciente pode ou não seguir um tratamento conforme o seu estado geral.

A acupuntura é hoje a medicina alternativa mais utilizada e ela atrai cada vez mais adeptos.

Observação da redação: este artigo foi modificado em 29.05.2013.
Controllo di qualità
Última atualização:
29.05.2013

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


PUBLICIDADE

Google search 2015

Loading

Quickinfos top

Temas



IMC

NOTÍCIAS

Dieta Dukan

Conheça a dieta Dukan, um tipo de dieta da proteína que promete fazer emagrecer sem o efeito sanfona.

Dengue: casos aumentam no Sudeste do país

Os casos de dengue aumentaram muito em 2015, sobretudo no Sudeste do país. Entenda o porquê desse surto.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br

 



© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 31.03.2015