Publicidade

Home » Medicamentos » Atenolol

Atenolol

Resumo

Atenolol: medicamento beta-bloqueador que tem como principal efeito a diminuição da pressão arterial. Utilizado principalmente em casos de hipertensão, angina, arritmias e após infarto do miocárdio.

Publicidade

Atenolol

Sobre a molécula

Nome químico: (RS)-2-[4-[2-hidroxi-3-(1-metiletil amino)propoxy]fenil]etanamida

Nomes da molécula: Atenolol

Nomes comerciais: Ablok, Angiless, Angipress, Atecard, Ateneo, Ateneum, Atenobal, Atenol®, Atenolab, Atenolol, Atenopress, Atenorm, Atenoton, Atensiol, Atenuol, Atepress, Biotenor, Plenacor, Ritcor, Telol, Tenolon,

Dose

Neonatos: 0.5 a 4 mg/kg/dia

Crianças: 0.8 a 2.0 mg/kg/dia (< 100mg/dia)

Adultos e idosos: 12.5 a 200 mg/dia

Pessoas com insuficiência renal requerem ajuste de dose.

Posologia

Crianças

– Hipertenção: 0.5 – 1 mg/kg por dia

Adulto ou idoso

– Hipertensão: 25-50mg 1 vez ao dia, podendo aumentar até 100mg/dia.

– Angina pectores: 50mg 1 vez ao dia, podendo aumentar até 200mg/dia.

– Pós-infarto do miocárdio: 100mg por dia podendo ser dividido em até 2 vezes por 6 a 9 dias após o infarto.

Indicações

Hipertensão

– Angina pectoris (dor no peito ao esforço)

Arritmias cardíacas

Infarto do miocárdio

Atenolol

Efeitos

O atenolol é um beta-bloqueador (seletivo beta-1) que age no coração e na circulação. Seu principal efeito é a diminuição da pressão arterial, mas também reduz a frequência e contractilidade cardíaca.

Efeitos adversos

Os efeiotas adversos mais comuns são: bradicardia, mãos e pés frios, cansaço, tontura, diarréia e problemas gastrointestinais. Pode causar problemas no desempenho sexual que tende a melhorar com o tempo.

Você também pode sentir sonolência, visão embaçada e confusão. Procure não dirigir ou realizar tarefas perigosas até que você saiba os efeitos da droga em você.

Contra-indicações

O atenolol não deve ser utilizado em casos de suspeita de alergia, bradicardia, problema do coração em bombear o sangue, hipotenção, acidose metabólica, problemas de articulação periférica, síndrome do nodo sinusal, feocromocitomia, insuficiencia cardíaca descompensada.

Interações medicamentosas

Atenolol

– Bloquadores do canal de cálcio (ex.: verapamil, diltiazem, etc)

– Diidropiridinas (ex.: nifedipino)

– Glicosídeos digitálicos (ex. digoxina)

– Disopiramida e amiodarna

– Inibidores da síntese de prostagladina (ex. ibuprofeno): pode diminuir o efeito do atenolol

Gravidez e lactação

Não é recomendado o uso do atenolol durante a gravidez sem o acompanhamento médico.

Este medicamento pode ser encontrado no sangue do cordão umbilical, mas não existem estudos sobre seu efeito no feto quando utilizado durante o primeiro semestre de gravidez, portanto não é recomendado. O uso no terceiro trimenstre de gravidez é feito com o acompanhamento médico, mas pode causar retardo no crescimento intra-uterino.

O atenolol também pode ser encontrado no leite materno e aumenta o risco de bradicardia e hipoglicemia no bebê.

Apresentações farmacêuticas

– Comprimidos : 25, 50 e 100mg

Dicas

Para obter um melhor efeito:

– Não deve ser descontinuado abruptamente.

– Tomar com água de preferência no mesmo horário.

– Pode ser tomado com ou sem comida. Mas caso o medicamento cause problemas estomacais, prefira tomar com alimentos.

– Os comprimidos podem ser divididos, triturados e misturados com comida ou líquidos.

– Não pare de tomar este medicamento mesmo se você estiver se sentindo melhor.

– Siga a dieta e o plano de tratamento que o médico estabeleceu.

– Evite o consumo de bebidas alcoólicas.

Caso tenha perdido uma dose:

– Não tome duas doses de uma vez só ou dose extra.

– Tome a dose perdida assim que possível. Caso seja perto da próxima dose, pule a dose perdida e tome a próxima dose no horário normal.

Alguns estudos indicam que há uma maior probabilidade de que atenolol seja menos efetivos em negros.

Fale com sue médico antes de usar outro medicamento concomitante com o atenolol.

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 23.09.2017

Publicidade