Publicidade

Home » Medicamentos » Topiramato

Topiramato

Resumo

topiramato anticonvulsivante O topiramato é um medicamento anticonvulsivante eficaz no tratamento da epilepsia e na profilaxia de enxaqueca.
Verifica-se na prática médica o uso de topiramato para outras indicações como emagrecimento.
Pessoas que usam o medicamento topiramato como emagrecedor relatam efeitos colaterais como adormecimento e formigamento em várias partes do corpo, náuseas, problemas de memória e muitas dificuldades com o reflexo motor, além de sonolência e dificuldade de concentração.

Publicidade

O efeito do topiramento em casos de emagrecimento seria devido sua ação no controle da saciedade, mas ainda faltam estudos sobre o uso desta medicação para esta indicação. Médicos afirmam que, como acontece com todo medicamento, o uso de topiramato requer atenção e cuidados por parte do profissional que o indica, mas também apontam que a droga pode de fato trazer benefícios a pessoas com excesso de peso.

Este medicamento deve ser prescrito por um médico com receita em duas vias, uma para ficar com o paciente e a outra para ficar retina na farmácia.

Não utilize este medicamento sem o acompanhamento médico.

Sobre a molécula

Nome químico: 2,3:4,5-Di-O-isopropilideno-beta-D-frutopiranose sulfamato

Nomes da molécula: Topiramato

Nomes comerciais:  Topiramato, Topamax, Égide

Dose 

– Tratamento adjuvante de epilepsia em adultos: dose mínima eficaz diária 200mg. Dose máxima diária 1600mg.

– Monoterapia de epilepsia em adultos: dose alvo inicial 100mg/ dia. Dose máxima diária 500mg.

– Enxaqueca:dose total 100mg/dia.

Posologia

Adjuvante em epilepsia
Adultos e idosos
: Tratamento iniciado com 25mg a 50mg à noite por uma semana. Posteriormente aumentar dose em 25mg a 50mg dividida em duas tomadas. A titulação das doses deve ser orientada pelos resultados clínicos.

Insuficiência renal: removido na hemodiálise. Administrar dose complementar, aproximadamente metade da dose diária.

Crianças: dose total diária recomendada é de 5 a 9mg/kg, dividida em duas tomadas. Para doses menores que 25mg/dose, o comprimido não é apropriado.

Monoterapia em epilepsia
Adultos: Iniciar com 25mg à noite por uma semana. Então aumentar dose em 25mg a 50mg por dia divididas em duas tomadas, em intervalos de uma a duas semanas. A dose e a velocidade da titulação devem ser orientadas pelos resultados clínicos.

Crianças: dose inicial de 0,5 a 1mg/kg, durante uma semana. Aumentar em 0,5 a 1 mg/kg/dia a intervalos de uma a duas semanas, divididas em duas tomadas. Dose alvo inicial 3 a 6mg/kg/dia.

Enxaqueca: Iniciar com 25mg à noite por uma semana, depois aumentando em 25mg/dia uma vez por semana. Dose total recomendada 100/dia dividida em duas tomadas.

Não descontinuar o tratamento abruptamente, seguir as orientações médicas.

Indicações

– epilepsia monoterapia ou adjuvante

– profilaxia de enxaquecas

– neuropatia diabética, espasmo infantil, dor neuropática, excesso de peso e obesidade (uso off label: indicação que não consta na bula e não aprovada pela Anvisa. A avaliação e o risco do uso é por conta do médico que o prescreveu).

Efeitos

Através de atuação complexa no sistema nervoso central, inibi a despolarização neuronal anômala, possuindo atividade anticonvulsivante. Acredita-se também que este medicamento tenha ação no controle da saciedade.

Efeitos adversos

Sistema Nervoso Central: parestesia, tontura, nervosismo, fadiga, ataxia, retardamento psicomotor, comprometimento da fala, perda de memória, comportamento anormal, confusão.

Endócrino e metabólico: diminuição de bicarbonato sérico.

Gastrointestinal: anorexia, nausea.

Oftálmico: distúrbio visual

Renal: aumento de creatinina sérica.

Respiratório: infecção no trato respiratório superior

Contra-indicações

Contra indicado em caso de alergia ao topiramato.

Interações medicamentosas

Ácido Valpróico e derivados, Álcool, Agonistas alfa e beta, Anfetaminas, Agentes anticolinérgicos, Anticoncepcionais, Anticonvulsivantes, Aripiprazol, Cetorolaco, Depressores do SNC, Diuréticos de alça, Diuréticos tiazídicos, Fenitoína, Hidrocodona, Hidroxizine, Inibidores da Recaptura de Serotonina, Lítio, Mefloquina, Memantina, Metformina, Metenamina, Mirtazapina, Orlistat, Primidona, Quinidina, Salicilatos, Saxagliptina, Sulfato de magnésio, Zolpidem entre outras.

Atenção: Informe ao seu médico todos os medicamentos que utiliza.

Gravidez e lactação

Este medicamento não deve ser utilizado em mulheres grávidas sem orientação médica.

Apresentações farmacêuticas

– comprimidos de 25mg, 50mg e 100mg

– cápsulas de 15mg e 25mg

Dicas

Para obter um melhor efeito:
– Não quebre o comprimido

– Tomar independentemente das refeições.

– Evite ingerir bebidas alcoólicas em um intervalo de 6h antes ou depois de tomar o topiramato.

– Caso sinta algum sintoma não esperado, informe e converse com seu médico.

Caso tenha perdido uma dose:
– Tome assim que lembrar. Se estiver próximo do horário da dose seguinte (menos que 6 horas), despreze a dose esquecida e volte ao esquema normal. Não tome duas doses ao mesmo tempo.

Caso tenha perdido duas doses, comunique o médico.

– Siga sempre as instruções do seu médico.

– Qualquer alteração informar imediatamente o seu médico.

AVISO IMPORTANTE

As informações contidas no site www.criasaude.com.br tem por objetivo somente a informação e não substituem, em nenhuma hipótese e situação, a consulta com o profissional médico ou farmacêutico.

Perguntas e Respostas (Fórum do Criasaude)
“Quero saber porque meu médico passou Topiramato para emagrecer, sendo que para é para quem sofre de epilepsia? Estou com medo de tomar. ”

Topiramato resposta do farmacêuticoResposta do farmacêutico (por Adriana)
O medicamento topiramato, que é um anticonvulsivo, também pode ser utilizado em tratamentos para emagrecer.
Apesar do uso do topiramato em tratamentos para emagrecer ainda não estar descrito em bula, seu uso para esta finalidade aumentou nos últimos 2 anos, após a proibição do uso da sibutramina no Brasil. Acreditasse que este medicamento age controlando a saciedade, portanto controlando a fome. Médicos afirmam que, como acontece com todo medicamento, o uso de topiramato requer atenção e cuidados por parte do profissional que o indica, mas também apontam que a droga pode de fato trazer benefícios a pessoas com excesso de peso.

Muitas pessoas que utilizaram este medicamento relatam a ocorrência de diversos efeitos adversos como: tontura, formigamento, alteração de memória, irritação, sonolência,… Caso note o surgimento de alguns desses sintomas, fale com seu médico.

Este medicamento também é utilizado em casos de transtorno de humor e combate de dependência de drogas.

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 14.10.2015

Publicidade