Publicidade

Hipotensão

Definição

A hipotensão é como o seu nome indica, uma pressão baixa. Falamos em hipotensão quando a pressão sistólica se encontra abaixo de 100 mm de mercúrio (10 cm de mercúrio) ao invés de 120 à 140 mm de mercúrio para uma pressão normal (esta pressão depende da idade, ver também o nosso arquivo sobre a hipertensão).
Raramente trata-se de uma doença grave e ela pode às vezes ser benéfica para o sistema cardiovascular, pois o coração se “cansa” menos que nos casos de hipertensão, por exemplo.

Publicidade

Todavia, em raros casos, a hipotensão pode ser o sintoma de uma doença ou uma afecção grave, como um estado de choque ou uma crise cardíaca. Nesses casos trata-se de uma urgência médica.

Hipotensão ortostática

A hipotensão ortostática é um tipo freqüente de hipotensão, esta ocorre quando passamos rapidamente de uma posição sentada a uma posição em pé.

Causas

As principais causas da hipotensão não são completamente conhecidas, mas ela pode ser causada por:

causas da hipotensão– uma desidratação (conseqüência de uma diarréia ou uma gastroenterite, por exemplo)
– uma predisposição (genética) a ter pressão baixa. Observação: nesse caso não se trata sempre de um ponto negativo (pois tem um efeito favorável sobre o sistema cardiovascular).
– machucados graves, hemorragia interna, alergia, uma mordida de cobra, um infarto, etc. Nesses casos falamos em hipotensão aguda, que é uma urgência médica.
– uma gravidez
– problemas da glândula tireóide (hipotireoidismo, hipertireoidismo)
– problemas hepáticos

Causas da hipotensão ortostática

Como vimos em definição, passar bruscamente de uma posição em que se está deitado ou sentado à levantado pode levar à hipotensão ortostática.
Esta hipotensão ortostática pode surgir de um efeito secundário de medicamentos antidepressivos ou anti-hipertensivos. Outras causas como o diabetes, também podem originar a hipotensão ortostática

Sintomas

É possível ter hipotensão sem manifestar sintomas aparentes, todavia, aqui estão alguns dos sintomas clássicos e vísíveis em caso de hipotensão:

fadiga (crônica) com uma certa fraqueza

Sintomas hipotensão

– vertigem

– perda da consciência (síncope)

náuseas

zumbidos no ouvido

Complicações

A hipotensão e particularmente a hipotensão ortostática aumentam o risco de queda, especialmente nos idosos.

A hipotensão também pode aumentar o risco de AVC, de acordo com uma declaração da instituição médica americana de referência Johns Hopkins Medicine em 31 de julho de 2017.

Diagnóstico

Hipotensão ortostática

– Clinicamente, uma pessoa sofre hipotensão ortostática quando a pressão arterial sistólica cai em pelo menos 20 mmHg (por exemplo, de 120 mmHg para menos de 100 mmHg) durante a transição da posição deitada para posição em pé ou a pressão arterial diastólica cai em pelo menos 10mmHg dentro de três minutos após levantar.
– Em um estudo publicado em 24 de julho de 2017 na revista científica JAMA Internal Medicine, pesquisadores da Universidade Johns Hopkins sugerem que o exame para a presença de hipotensão ortostática seja feito dentro de um minuto do momento em que a pessoa está deitada. As diretrizes atuais (2017) recomendam a mensuração três minutos depois de uma pessoa se levantar, essas diretrizes são do final da década de 1990. Para chegar a essas conclusões, pesquisadores da Johns Hopkins analisaram os dados de 11.429 pessoas com hipotensão ortostática.

Tratamentos

O primeiro passo é tentar tratar a causa da hipotensão, por exemplo, se ela ocorrer devido à tomada de medicamentos, converse com o seu médico e tente mudar o tratamento; se ela for causada por diabetes, será necessário tratar esta doença metabólica, etc.

No entanto, o médico ou farmacêutico podem dispor de medicamentos ditos vasoconstritores ou hipertensores como:

– a fenilefrina (um simpatomimético)

– a etilefrina (um hipertensor/simpatomimético).

– Existem também medicamentos disponíveis sob prescrição médica, que tratam a hipotensão. Estes podem ser tomados em forma de comprimidos, por exemplo.

Medidas a serem tomadas em caso de desmaio (síncope)

– Deixe a pessoa deitada e levante suas pernas

– Em função dos sintomas e da velocidade da retomada de consciência, entre em contato com um médico ou não. Essa escolha é difícil, pois às vezes pode se tratar de uma simples síncope, sem nenhuma complicação, mas em raros casos, pode ser o sinal de uma doença mais grave (crise cardíaca, choque, alergia…). Na dúvida é preferível ligar para um médico.

Fitoterapia

Beber muita sopa, se possível bastante salgada (sabemos que o sal promove a hipertensão), pode ajudar.

Dicas

Aqui estão alguns conselhos que podemos lhe dar em caso de hipotensão

– Beba bastante líquido

– Tome o seu tempo (10 segundos) para passar da posição deitada ou sentada à levantada, sobretudo de sofrer de hipotensão ortostática.

– Pratique exercícios regularmente para melhorar a circulação sangüínea.

– Evite consumir muito álcool e limite refeições excessivas, ou seja, coma pequenas porções.

– Pare ou altere o uso de certos medicamentos, como antidepressivos e sedativos, pois podem estar associados a hipotensão ortostática.

Fontes:
Mayo Clinic, Johns Hopkins Medicine

Redação:
Xavier Gruffat (farmacêutico)

Update:
14.04.2020

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 14.04.2020

Publicidade