Publicidade

Home » Nutrição » Iodo

Iodo

NOMES

Nutrição iodoNome em português: iodo
Nome científico: iodo (I)

Publicidade

DOSE DIÁRIA

A dose diária recomendada é de:
– 150 µg a 200 µg

NUTRIENTES QUE CONTÊM IODO

– Peixes brancos, sal de cozinha enriquecido com iodo (é o caso na maioria dos países ocidentais, onde o iodo foi adicionado no sal no início do século XX, para evitar o aparecimento de papeira e outras doenças da tireóide (hipotireóide). Com esse enriquecimento em iodo, as carências tornaram-se muito raras no ocidente), óleo de fígado de bacalhau, algas marinhas.

EFEITOS

– No corpo humano, o iodo está principalmente concentrado na glândula tireóide e participa da formação dos hormônios tireódeanos: a T3 e a T4 (tiroxina)

INDICAÇÕES

– Assegurar o bom funcionamento da glândula tireóide (uma glândula essencial para o corpo humano)

CARÊNCIA

Hipotireóide, hipertireóide, em recém-nascidos e crianças: cretinismo, em adultos: papeira.

A baixa ingestão de iodo em mulheres grávidas pode levar a um mau desenvolvimento do sistema nervoso central do feto, sempre pergunte ao seu médico sobre suplementos alimentares para tomar durante a gravidez.

EXCESSOS

– Interrompimento da síntese de hormônios tireóidianos T3 e T4, hipertireóide: diversos problemas metabólicos.

Tiroidite de Hashimoto (por exemplo, como é o caso do Brasil em casos de ingestão excessiva de sal, sendo este últimoiodado)

OBSERVAÇÕES

Antigamente, em determinadas regiões atrasadas que não tinham iodo ( que encontramos na terra ou no sal) algumas crianças nasciam cretinas (retardadas mentais).
Atualmente, na maioria dos países ocidentais, o iodo está integrado no sal de cozinha. Isso é importante pois todas as pessoas devem ter um teor suficiente em iodo. 

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 30.06.2017

Publicidade