Publicidade

Home » Plantas medicinais » Cavalinha

Cavalinha

Resumo

CavalinhaPlanta medicinal diurética e remineralizante, indicada para tratar os distúrbios nas vias urinárias (cistite) e os problemas articulares, pode ser encontrada em forma de infusão ou cápsulas.

Nomes

Nome em português: Cavalinha, cavalinha-dos-campos
Nome binomial: Equisetum arvense L.
Nome francês: prêle, prèle, prêle des champs
Nome inglês: horsetail, bottle-brush
Nome alemão: Ackerschachtelhalm, Zinnkraut
Nome italiano: equiseto comune

Publicidade

Família

Equisetaceae

Constituintes

Ácido silícico, flavonóides, saponinas, minerais

Partes utilizadas

Folhas

Efeitos da cavalinha

Diurético, remineralizante, hipotensor

Indicações

Em caso de distúrbios nas vias urinárias: cistites (em infusão), em caso de dores ou problemas articulares (reumatismo: artrite, artrose, gota) devido ao seu forte teor de silício (em cápsula), acne (segundo uma internauta – após um tratamento de um período determinado. Nós não temos como confirmar esta informação cientificamente). Em casos de inchaço (por exemplo, no hipotireoidismo), hipertensão (ver em Observações).

Efeitos secundários

Desconhecemos

Contra-indicações

Desconhecemos

Interações

Desconhecemos

Risco de alergia

Atenção, os pólens dessa planta podem provocar alergias, em particular a febre do feno (rinite alérgica).

Preparações à base de cavalinha

Infusão de cavalinha (chá de cavalinha)

– Decocção de cavalinha

Pó de cavalinha

– Banhos de assento

– Escalda pé (ex. contra a transpiração excessiva)

Onde cresce a cavalinha?

A cavalinha pode ser encontrada na toda a Europa, em campos ou em florestas, principalmente em locais úmidos (próximos de água corrente). A cavalinha pode chegar a 50 cm de altura.

Quando colher a cavalinha?

A cavalinha cresce normalmente de maio a junho (julho a agosto nas montanhas) na Europa, incluindo a Suíça. As hastes verdes da cavalinha podem ser colhidas de maio a junho (na Europa) e depois devem passar por um processo de secagem, como observado pelo droguista suíço Claude Roggen em seu livro “Les secrets du druide”, editora Bois Carré. Ele aconselha uma colheita em campos não tratados e secos, também recomenda evitar a colheita em zonas úmidas devido à contaminação por um fungo (Ustilago equiseti).

Observações

– Como a samambaia, a cavalinha não tem flores e se reproduz através de esporos.

– Seu nome científico Equisetum arvense vem do latim e significa respectivamente: cavalo (Equus), cauda (setum) e campos (arvense).

– Um estudo brasileiro realizado principalmente por pesquisadores da Universidade Federal de Goiás, no Brasil, mostrou que a cavalinha (E. arvense) produziu um efeito diurético comparável à hidroclorotiazida (25 mg), uma molécula utilizada contra a hipertensão. O efeito da cavalinha foi superior ao de um placebo. Este estudo foi publicado em 2014 no periódico científico Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine.

Foto cavalinha

CavalinhaCavalinha

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 03.05.2021

Publicidade