Publicidade

Diabetes

Introdução sobre diabetes

Índice glicêmicoA diabetes é um grupo de doenças metabólicas caracterizadas pela concentração elevada de glicose (açúcar) no sangue, conseqüência da falta de capacidade do corpo humano em utilizar ou fabricar a insulina. A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que possibilita a absorção do açúcar pelas células.
A glicose é a principal fonte de energia para o organismo.
Os principais sintomas da diabetes são sede excessiva e micção frequente.
Distinguimos principalmente dois tipos de diabetes: diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2 (a mais freqüente –  90% dos casos de diabetes). Ressaltamos que a doença pode também aparecer durante a gravidez, chamada diabetes gestacional, frequentemente revelada entre a 24a e a 28a semana de gravidez.

Publicidade

Epidemiologia diabetes

– Em todo o mundo, havia cerca de 463 milhões de adultos com diabetes em 2019, ou 9,3% da população adulta do mundo, de acordo com o Atlas de Diabetes da Internal Diabetes Federation (mais informações: link disponível em 16 de novembro de 2019) com sede em Bruxelas, Bélgica. Em 2017 havia 38 milhões de adultos que tiveram diabetes a mais do que em 2019. Este relatório foi divulgado em 14 de novembro de 2019, no Dia Mundial da Diabetes. Este relatório de 2019 indica que mais da metade (50,1%) ou 231 milhões de adultos não são diagnosticados, ou seja, eles não sabem que têm a doença. O diabetes tipo 2 é responsável por cerca de 90% de todas as pessoas com diabetes.

– Em 2011, a diabetes teria gerado mundialmente um faturamento de 39,2 milhão de dólares para a indústria farmacêutica, de acordo com o IMS Health. O faturamento global das vendas da indústria farmacêutica em 2011 foi cerca de 800 milhões de dolares. A proporção da diabetes é de aproximadamente 5%, mas esta porcentagem parece estar em contante aumento.

– Nos Estados Unidos, um estudo publicado em fevereiro 2013 mostrou que cerca de 12% (1 habitante a cada 8) da população americana seriam afetada pela diabetes tipo 2.
Outro estudo com dados de 2011-2012 publicado em  08 setembro de 2015, realizados principalmente pelo National Institute of Diabetes, Digestife and Kidney Diseases, mostrou que 12 à 14% dos americanos têm diabetes. Este mesmo estudo mostrou que 38% dos americanos têm pré-diabetes. Em outras palavras, cerca de 50% da população norte-americana sofre de diabetes ou pré-diabetes.
Também nos Estados Unidos, um estudo publicado em agosto de 2014 na revista médica “The Lancet” mostrou que cerca de 40% da população adulta, dois em cada cinco norte-americanos, irão desenvolver diabetes tipo 2. Certas comunidades como os hispânicos (homens e mulheres) ou as mulheres negras têm risco de desenvolver este tipo de diabetes superior a 50%.

Em 2017, um estudo realizado pelos Centers of Disease Control and Prevention (CDC) também constatou que 12% dos americanos eram afetados pela diabetes. Ainda de acordo com o CDC, entre as pessoas diagnosticadas com diabetes, cerca de 1 terço recebe insulina na forma injetável.

– A OMS publicou em Maio de 2012, pela primeira vez, os dados globais de pessoas com hiperglicemia (taxa de glicose elevada no sangue, não necessariamente diabetes). A prevalência média da doença no mundo é estabelecida em cerca de 10% (aproximadamente 700 milhões de pessoas) e até um terço da população em alguns países como ilhas do Pacífico.

– No Brasil, não existem números exatos mas estima-se que mais de 10 milhões de pessoas sofram de diabetes.

– De acordo com pesquisa publicada na revista científica The Lancet, datada de abril de 2016, em 2014, estimava-se que 4,9% das mulheres britânicas sofriam de diabetes, contra 6,6% dos homens.

Leia os nossos textos sobre as diabetes:

diabetes tipo 1

diabetes tipo 2

diabetes gestacional

– pré-diabetes

Fontes & referências:
Atlas de Diabetes da Internal Diabetes Federation (mais informações: link disponível em 16 de novembro de 2019), The Lancet

Pessoa responsável e envolvida na escrita deste arquivo:
Xavier Gruffat (farmacêutico e editor-chefe da Criasaude.com.br).

Créditos das fotos: 
Criasaude.com.br, Fotolia.com.

Atualização:
Este artigo foi modificado em 20.02.2020

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 20.02.2020

Publicidade