Publicidade

Home » Plantas medicinais » Camomila romana

Camomila romana

Resumo

Camomila romanaPlanta medicinal utilizada em uso interno contra os espasmos e a digestão, em uso externo como desinfetante e cicatrizante, é geralmente encontrada em forma de infusão, compressas ou líquido.

Nomes

Nome em português: camomila romana (camomila-romana), macela, marcela, camomila
Nome binomial: Chamaemelum nobile L.
Nome francês: Camomille romaine
Nome inglês: camomile
Nome alemão: Römische Kamille
Nome italiano: camomilla romana

Publicidade

Família

Asteraceae (Asteráceas)

Constituintes

Óleo essencial, chamazulene, nobiline, cumarina, ésteres, flavonoides e mucilagens.

Partes utilizadas

Flores secas (reunidas em capítulos), folhas.

Efeitos

Antipirético (diminuía a febre), anti-espasmódico, anti-inflamatório, diaforético (provoca a transpiração), desinfetante, cicatrizante, carminativo, amargo, sedativo (especialmenteo óleo essencial).

Indicações

Uso interno (ingerido):
– Contra os espasmos, os de problemas digestivos em casos de transpiração excessiva, inchaço

Uso externo:
– Contra a inflamação (maior efeito apresentado pela camomila real ou camomila)
– Problemas de cicatrização
– Eczema
– Desinfecção da boca e feridas
– Cuidados com o cabelo
– Cólicas menstruais (óleo essencial)
– Dores faciais

Camomila romana

Efeitos secundários

Risco de reação alérgica (tipo tardia) à camomila romana. Se consumido em excesso (especialmente o óleo essencial) pode levar a efeitos secundários tais como tonturas, náuseas, vômitos, etc…

Contra-indicações

Alergia a camomila-romana, asma, mulher grávida.

Interações

Anticoagulantes

Preparações

– Óleo essencial de camomila-romana

– Macerado de camomila romana (em óleo de girassol ou azeite de oliva, por exemplo)

Onde cresce a camomila romana ?

A camomila romana cresce na Europa.

Quando floresce a camomila romana ?

A camomila romana floresce geralmente no início do verão europeu em junho.

Observações

A camomila romana é menos utilizada em fitoterapia que a camomila ou matricária (bem mais estudada cientificamente), no entanto, a camomila romana tem um efeito amargo (que favorece e estimula a digestão) e desinfetante (para os cuidados da boca) mais fortes do que os da camomila.

Atenção! A camomila romana pode desencadear alergias de tipo retardado (alergia mais grave no segundo contato), portanto, se você for sensível à camomila romana, não a utilize mais e peça conselhos a um farmacêutico.

O óleo essencial de camomila-romana é muito eficaz na aromaterapia, por exemplo, você pode usar algumas gotas de óleos essenciais de camomila-romana em 1 colher de chá de óleo de amêndoas, misture bem e aplique sobre as áreas doloridas (ex.: nevralgia). Este óleo essencial é, no entanto, muito caro.

Foto camomila romana

Camomila romana

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 03.05.2021

Publicidade