Publicidade

Home » Plantas medicinais » Vinca-de-madagascar

Vinca-de-madagascar

Resumo

Vinca-de-madagascar resumoVinca-de-madagascar: planta medicinal com um efeito particularmente anticancerígeno e antidiabético, na medicina é usado principalmente em suas formas processadas (cápsula, comprimido) contra vários tipos de câncer.

Publicidade

Nomes

Nome em português: vinca-de-madagáscar, vinca-de-gato, boa-noite, beijo da mulata e maria-sem-vergonha
Nome binomial: Catharanthus roseus (L.) G. Don
Nome francês: Pervenche de Madagascar
Nome inglês: Madagascar periwinkle
Nome alemão: Rosafarbene Catharanthe
Nome italiano: Madagascar Pervinca

Família

Apocynaceae.

Constituintes

Alcalóides (vimblastina, vincristina), taninos, bisindol (vincarubina).

Partes utilizadas

Folhas secas, partes aéreas e raízes.

Efeitos

Anticancerígeno, laxante, antidiabético, anti-hipertensivo.

Indicações

diabetes (segundo alguns estudos)

– câncer: câncer de mama, câncer de colo do útero

– linfomas (Hodgkin e não-Hodgkin)

– leucemia (na forma de comprimido ou cápsula, leia também nas observações abaixo)

gonorreia

– úlceras de estômago (na forma de infusão, usado principalmente em Madagascar).

Efeitos secundários

Risco de toxicidade em doses elevadas (especialmente quando tomadas em cápsula ou comprimido), pergunte na sua farmácia.

Contra-indicações

Pergunte ao seu farmacêutico.

Interações

Pergunte ao seu farmacêutico.

Preparações

– Chá (infusão) de vinca-de-madagascar (em Madagascar as pessoas fazem chás, normalmente pouco tóxicos e em doses baixas, sempre pergunte a um farmacêutico em caso de dúvida).

– cápsula ou comprimido de vinca-de-madagascar (usado contra o câncer, mas muitas vezes na forma semi-sintética, ver também as observações abaixo).

Onde cresce a vinca-de-madagascar ?

A vinca-de-madagascar, como o próprio nome sugere, é nativa e endêmica de Madagascar. Atualmente é cultivada em outras regiões tropicais.

Observações interessantes

A vinca-de-madagascar é usada para tratar certos tipos de câncer, mas apenas na forma processada (cápsula, comprimido), não é utilizada a planta em si (por exemplo, chá). Como podemos aprender com o professor suíço de fitoterapia, Prof. Hostettmann, em seu livro “Tudo sobre plantas para as Mulheres”, publicado em 2008 pela Editora Favre, é preciso uma tonelada de folhas e caules secos de vinca-de-madagascar para obter 3g de vincristina. Esta substância pode ser utilizana no tratamento de câncer de mama ou de câncer de colo do útero. Outra substância encontrada na vinca-de-madagascar, a vimblastina, é usada contra câncer de ovário e de mama. O Prof. Hostettmann informou que esses medicamentos têm muitos efeitos colaterais, e que é por isso que tendem a preferir derivados semi-sintéticos (como a vinorelbina ou Navelbina).

Veja também nossa página vinca minor

Foto

vinca-de-madagascar Interação

© Picture Partners – Fotolia.com; © Axel Gutjahr – Fotolia.com

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 03.05.2021

Publicidade