Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Pílula do dia seguinte

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Pílula do dia seguinte - Contracepção de emergência - Levonorgestrel

pílula do dia seguinte levonorgestrelA pílula do dia seguinte, à base de levonorgestrel, é um medicamento feito com hormônio concentrado que possibilita uma contracepção de emergência (contraceptivo pós-coito).

Este medicamento deve ser utilizado excepcionalmente e se possível sob a vigilância de médico. Três semanas após a ingestão da pílula, é importante consultar um médico para se assegurar que está tudo em ordem.

A pílula do dia seguinte pode ser entregue no Brasil sem receita médica na rede pública. Nas farmácias e drogarias a prescrição é obrigatória, mas na prática, náo é muita exigida.

Note que a pílula do dia seguinte não é 100% eficaz, portanto se observar atraso de mais de 5 dias na menstruação, aconselhamos que faça um teste de gravidez.   


Quando posso utilizar a pílula do dia seguinte? Indicação da pílula do dia seguinte

Pílula do dia seguinteA pílula do dia seguinte é um medicamento que pode ser tomado caso nenhum método contraceptivo tenha sido utilizado durante a relação sexual, ou se o método habitual não foi corretamente administrado (esquecimento da pílula, ruptura do preservativo)

A pílula do dia seguinte (levonorgestrel) é portanto, utilizada em emergência para evitar uma gravidez indesejada. No entanto, ela não está livre de riscos e portanto não deve ser utilizada como recurso sempre que você esquecer de tomar a sua pilula "clássica". Esta pílula deve ser utilizada somente em caso de urgência, pois ela pode perturbar o ciclo.

Quando devo tomar tomar a pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte deve ser tomada o quanto antes, em até 72 horas após a relação sexual. Se ela for tomada em até 24 horas após a relação sexual, a sua eficácia é de 95%,  se ela for tomada de 24 a 48 horas após a relação sexual, a sua eficácia é de 85% , e se ela for tomada de 48 a 72 horas (3 dias) após a relação sexual, a sua eficácia é de 58%.

Eficácia da pílula do dia seguinte

eficácia da pilula do dia seguinte


Após 3 dias o seu uso não é aconselhado, pois a sua a eficácia é desconhecida (certamente ela é inferior a 50%). Para maiores informações procure um farmacêutico ou médico. 

Nós sabemos que, em média, depois de tomar a pílula do dia seguinte, a gravidez ocorre em apenas uma mulher em cerca de 60 [Fonte: Revue Prescrire].

Mulheres com sobrepeso e obesidade, ineficácia

Atenção, o levonorgestrel é ineficaz em mulheres com mais de 80 kg e pouco eficaz em mulheres com mais de 75 kg, de acordo com um comunicado emitido pelo FDA em novembro de 2013.

Uma mulher obesa pode, no entanto, utilizar outros métodos de contracepção de emergência em caso de relações sexuais desprotegidas, como um dispositivo intra-uterino (DIU) ou acetato de ulipristal, às vezes chamado de "pílula dos 5 dias". O dispositivo intra-uterino pode ser usado até 5 dias depois da relação sexual desprotegida. O acetato de ulipristal deve ser tomado o mais rápido possível após a relação, ele ainda pode ser usado em até 5 dias após a relação sexual desprotegida.

Outro estudo interessante publicado na revista Contracepção em 2011, demonstrou que as mulheres obesas que tomam a contracepção de emergência, especialmente levonorgestrel, tiveram três vezes mais a probabilidade da pílula não funcionar em comparação com mulheres com peso normal.

Qual a posologia da pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte é tomada normalmente em uma única dose (levonorgestrel 1,5 mg). No entanto, sempre consulte um farmacêutico para saber a posologia correta dos medicamentos.

Efeitos secundários da pílula do dia seguinteEfeitos secundários da pílula do dia seguinte

Os efeitos secundários são principalmente as náuseas e os vômitos, se houver vômito 2 horas após o uso da pilula do dia seguinte, será necessário tomar uma nova dose por medida de segurança.

Outros efeitos secundários também podem ser observados com freqüência após o uso da pílula do dia seguinte, como cefaléias, dores na parte inferior da barriga, sangramentos (menstruação), sensações de pressão nos seios, ou ainda diarreia ou vômito. Consulte um farmacêutico ou leia a bula para saber todos os efeitos possíveis da pilula do dia seguinte.           

O que acontece com a menstruação quando se toma a pílula do dia seguinte?

Não deve haver nenhuma mudança na aparência de sua menstruação. No entanto, se a hora programada de seu período está atrasada por mais de 5 dias, consulte um médico.

Para ser mais preciso, a menstruação vem no tempo normal, em alguns casos pode haver alguns dias de atraso. Também é possível ter sangramento antes da data da próxima menstruação, depois de tomar a pílula do dia seguinte.

A pílula do dia seguinte pode ser utilizada a qualquer momento do ciclo?

Sim. Mas em certos momentos do ciclo, notadamente durante a menstruação ou alguns dias antes, o risco de gravidez é quase nulo.

A pílula do dia seguinte protege contra as DST (AIDS)?

Não, a pílula do dia seguinte não exerce nenhuma proteção contra a AIDS e as DST, somente um preservativo garante esta proteção.

Se a mulher engravidar, mesmo depois de tomar a pílula do dia seguinte, há risco para o embrião?

Não, não há risco para o embrião, de acordo com estudos científicos não há qualquer risco para o embrião.

Se uma mulher já está grávida, ela pode tomar a pílula do dia seguinte?

Não, não é aconselhável tomar a pílula do dia seguinte, não faz sentido utilizá-la, uma vez que não terá efeito algum (lembre-se que ela só funciona bem dentro de 3 dias após a relação sexual).

Como funciona a pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte pode ter vários efeitos:

- impedir a fecundação, atrasando ou impedindo a liberação do óvulo

- impedir a implantação, atuando na parede uterina para bloquear a fixação do óvulo

- agir nas secreções vaginais fazendo com que a passagem de espermatozóides seja mais complicada em seu caminho para as trompas de falópio (para fecundar o óvulo).

É importante saber que os cientistas ainda não sabem exatamente todos os detalhes sobre como a pílula do dia seguinte age no corpo da mulher.         
 

A pílula do dia seguinte é um aborto?

De acordo com a literatura médica (provenientes da indústria farmacêutica, que produzem a pílula), não. No entanto, recebemos um e-mail da Itália em nosso site italiano Creafarma.ch informando-nos que a pílula do dia seguinte é um aborto. Mas esta informação não era baseada cientificamente. Como nós ainda não sabemos exatamente como a pílula do dia seguinte age no corpo da mulher, é muito difícil ter uma visão clara e pronunciar-se sobre esta questão.

Para maiores informações, pergunte ao seu médico ou farmacêutico, eles fornecerão uma literatura adequada.

Perguntas e Respostas
Estou amamentando e não uso nenhum anticoncepcional além da camisinha, só que ela estourou e me desesperei. Acabei tomando a pílula do dia seguinte com um único comprimido, depois li na bula que não poderia toma-la. Vou ficar 2 dias sem dar o peito, é o suficiente? "

Resposta do farmacêutico (por Adriana Sumi)
Durante a amamentação é possível tomar anticoncepcionais hormonais e, em casos de emergência, a pílula do dia seguinte a base de levonorgestrel (progesterona sintética). Não utilizar anticoncepcionais e pílulas do dia seguinte a base de estradiol ou etinilestradiol, contraceptivos com estrogênio podem prejudicar a amamentação, diminuindo a quantidade e qualidade do leite. No entanto, estudos não demonstraram efeito sobre a criança amamentada.

Portanto, no seu caso a melhor coisa a se fazer é não para de amamentar, pois aumenta ainda mais o risco de secar o leite.

A progesterona é um hormônio que é naturalmente produzido durante a amamentação, que em casos de amamentação exclusiva e realizada diversas vezes durante o dia, pode levar a uma contracepção natural, mas que não é 100% confiável. A sucção do bebê várias vezes durante o dia é importante para a produção da progesterona, portanto retirar o leite para amamentar depois não traz o efeito contraceptivo.

Perguntas e Respostas
Logo depois de ter tomado corretamente a pílula do dia seguinte, posso voltar a tomar o meu anticoncepcional? Ou preciso esperar até menstruar? "

Resposta do farmacêutico (por Adriana Sumi)
A pílula do dia seguinte pode agir em 3 níveis, bloqueia a fecundação do óvulo, retarda a liberação do óvulo (caso a mulher não tenha ovulado) e impede a formação do endométrio gravídico (esta ação depende do tipo de pílula do dia seguinte, leia a bula para saber se a pílula do dia seguinte em questão tem esse efeito).

O endométrio é a camada que recobre o útero, quando há gravidez esta camada fica mais espessa e recebe o óvulo fecundado. A descamação desta camada dá origem à menstruação, por impedir a formação do endométrio gravídico, a pílula do dia seguinte pode alterar o ciclo menstrual. 

Após utilizar a pílula do dia seguinte, espere a menstruação para começar a tomar uma nova cartela da pílula anticoncepcional. O uso da pílula do dia seguinte em conjunto com a pílula anticoncepcional pode aumentar os efeitos adversos da pílula do dia seguinte e aumenta as chances de alteração do ciclo menstrual. Durante o intervalo da pílula anticoncepcional, faça sexo com camisinha, caso contrário existe o risco de gravidez.

LER TAMBEM - CRIASAUDE

PUBLICIDADE
Observação da redação: este artigo foi modificado em 15.02.2015.
Controllo di qualità
Última atualização:
15.02.2015

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


Comentários

31.08.2015 03:59
Re: Pílula do dia seguinte
Tive relação desprotegida e tomei a pílula do dia seguinte, mas 2 horas depois de ter tomado a pílula tive relação desprotegida novamente. Posso correr risco de gravidez?
Amanda Elidiane
20.08.2015 05:48
Re: Pílula do dia seguinte
Fiz sexo desprotegido há 1 mês e 10 dias
Um pouco mais e 24 horas tomei a pílula do dia seguinte aguardei 12 horas e tomei a outra e um pouco mais de 1 semana eu mentruei pouco mas durou o 5 dias conforme o ciclo,após o término começei a tomar o anticocepcional e começei a sentir alguns efeitos colaterais não sei s é da pílula "GLACIAL" ou pode ser gravidez.
Me respondem o mais rápido possível pois não sei o que fazer e estou com muito medo.Pois estou preocupada por causa do meu peso que é mais de 80kilos.
Ecidelly
16.08.2015 03:41
Re: Pílula do dia seguinte
Eu estou de resguarde com 1 mês e tive relação sexual s camisinha mas ele ejaculou fora mesmo assim tomei para me previnir será que faz medo ou devo tomar anticoncepcional e ir ao medo logo ?
Jeane
14.08.2015 18:44
Re: Pílula do dia seguinte
Tive relação sexual sem camisinha no final do meu período fértil, meu IMC é de 25,18, quais são as possibilidades de gravides ?
Carol
12.08.2015 15:40
Re: Pílula do dia seguinte
Eu tive relação com meu ficante sem proteção no domingoo à tarde e eu a pílula do dia seguinte na segunda de manhã. No entanto, no própria segunda de madrugada tivemos outra relação sem proteção, gostaria de saber se tem a necessidade de tomar outra pílula ou dentro do prazo de 120 Hs após a segunda relação ela está "protegida" contra a gravidez?
jeh
08.08.2015 22:47
Re: Pílula do dia seguinte
Fumar maconha corta o efeito da pílula ?
Lu
31.07.2015 23:38
Re: Pílula do dia seguinte
Uma pessoa que tomou varias vezes a pilula tem algum risco com a saude?
Carlos
31.07.2015 23:36
Re: Pílula do dia seguinte
Boa tarde, se uma pessoa fez uso da pilula varias vezes , quase que todos os meses, existe algum risco de saúde?
Carlos
27.07.2015 16:20
Re: Pílula do dia seguinte
Olá! Li que a rifampicina corta o efeito do anti-concepcional. Ela também corta o efeito da pílula do dia seguinte, mesmo que o tratamento para tuberculose tenha acabado há mais de 1 mês? Minha namorada falou que tomou a pílula do dia seguinte, porém ela engravidou. Segundo ela o remédio da tuberculose pode ter cortado o efeito.
Será que mesmo ela tendo tomado o último remédio há mais de uma mês, ele ainda tenha cortado o efeito da pílula?
Obrigado!
Raul
27.07.2015 14:54
Re: Pílula do dia seguinte
Bom dia! Eu tive relação com a minha namorada sem proteção no Sábado à tarde ela tomou a pílula do dia seguinte no Domingo pela manhã. No entanto, no próprio Domingo de madrugada tivemos outra relação sem proteção, gostaria de saber se tem a necessidade de tomar outra pílula ou dentro do prazo de 120 Hs após a segunda relação ela está "protegida" contra a gravidez?
José
23.07.2015 19:49
Re: Pílula do dia seguinte
Transei sem camisinha um dia antes d vir minha menstruação,e de manhã tomei a pilula do dia seguinte o DIAD,mas a minha menstruação não veio ainda,passado quatro dia disso transei sem proteção,mas meu namorado não gozou pra dentro,tenho chance de ter engravidado,qual os riscos e porq minha menstruação não veio ainda algum efeito do DIAD
Alessandra
16.07.2015 01:26
Re: Pílula do dia seguinte
Boa noie, transei com minha namorada e a camisinha estou em pouco tempo dentro de 25 minutos dei a ela a pirula do dia seguinte. Gostaria de saber enquanto tempo ela tiria que mestruar após tomado a pirula?
Reação veio a acontecer depois de dois dias ( dores vômitos e enjôo) isso é normal ou necessariamente precisa tomar outra?
Bruno
14.07.2015 01:59
Re: Pílula do dia seguinte
Fiz sexo alguns dias antes da menstruação, e após 48horas da relação tomei a pílula, e minha menstruação n veio ainda, posso estar grávida?
Daniela
03.07.2015 15:18
Re: Pílula do dia seguinte
Tive relação no meu periodo fertil, tomei a pilula do dia seguinte em dose unica depois de 14 horas corro o risco de estar gravida
Leli
30.06.2015 14:09
Re: Pílula do dia seguinte
Bom dia, me ajude estou desesperada, tomei a pílula do dia seguinte 11:00 horas da manhã, e a segunda dose era pra tomar 23:00 da noite e esqueci, e tomei 5:00 da madrugada, ainda faz efeito??????? me ajude
carol
Adicionar um comentário

Google search 2015


Loading

Quickinfos top

Temas



IMC

NOTÍCIAS

Estudo mostra ligação entre baixos níveis de vitamina D e esclerose múltipla

Estudo mostra que deficiência genética de vitamina D aumenta o risco de desenvolvimento de esclerose múltipla em adultos.

Substância encontrada na pimenta mostra efeitos promissores contra obesidade

Substância encontrada na pimenta aumenta a saciedade e pode ser nova abordagem no combate à obesidade.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br




© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 01.09.2015