Os alimentos ricos em ferro e zinco na luta contra a TPM

PUBLICIDADE

Os alimentos ricos em ferro e zinco na luta contra a TPMNOVA YORK – Um estudo demonstrou que o consumo de alimentos vegetais ricos emferro e zinco pode ajudar a aliviar e reduzir a tensão pré-menstrual (TPM). A tensão pré-menstrual é um conjunto de sintomas psicológicos, como depressão, e física como dores de cabeça. A TPM inclui cerca de 150 sintomas diferentes. Estima-se que 8-15% das mulheres em idade fértil são afetadas por esta condição.

Ferro de origem vegetal

PUBLICIDADE

Este estudo publicado no final de fevereiro de 2013, no American Journal of Epidemiology, revelou que as mulheres que consomem alimentos ricos em ferro de origem vegetal tiveram três vezes menos risco de desenvolver tensão pré-menstrual. Os vegetais ricos em ferro são: feijão, vegetais de folhas verdes ou spirulina (uma alga). O estudo incidiu 3.000 mulheres e foi realizado ao longo de 10 anos.

O risco de desenvolver a tensão pré-menstrual diminuiu significativamente entre as mulheres que consomiam mais de 20 mg de ferro por dia. O menor risco foi observado em mulheres que tomavam mais do que 50 mg por dia de ferro. No entanto, de acordo com a Sra. Bertone-Johnson, que participou do estudo, a ingestão diária máxima recomendada para mulheres em idade fértil é de 18 mg por dia. É importante não exceder a dose diária de ferro para evitar efeitos colaterais, muitas vezes perigosos para a saúde.

PUBLICIDADE

De acordo com os pesquisadores, o consumo de ferro (e outros minerais eficazes no tratamento da TPM, tais como zinco, magnésio cálcio) pode ser feito por meio da alimentação ou através de suplementos. O estudo focou-se sobre o ferro a partir de fontes vegetais, também é preferível consumir suplementos alimentares com ferro a partir de fontes vegetais (isto é, o ferro não ligado ao heme, uma molécula encontrada no ferro de origem animal, tais como carne).

O efeito do ferro pode basear-se nos aumentos, graças a este mineral, dos níveis de serotonina no cérebro. Esta última molécula tem efeito positivo sobre alguns distúrbios psicológicos da TPM como a depressão.

É interessante saber que é fácil de medir os níveis sanguíneos de ferro através de um simples exame de sangue. O seu médico pode verificar os seus níveis de ferro no organismo, e se ele for baixo demais, pode prescrever suplementos alimentares, medicamentos que contenham ferro, ou melhor ainda, incentivá-lo a comer alimentos ricos em ferro.

Zinco

Este estudo americano também demonstrou que o consumo de zinco pode influenciar ositivamente a tensão pré-menstrual. As mulheres que consomem mais de 10 mg de zinco por dia parecem desfrutar do efeito favorável deste oligoelemento na TPM. Como o ferro, que não se deve consumir mais do que a dose diária recomendada para evitar os efeitos colaterais. Sabe-se que o zinco em excesso pode afetar a concentração de cobre no corpo.

De acordo com os pesquisadores, o consumo de zinco (e outros minerais eficazes no tratamento da TPM, tais como ferro, magnésio e cálcio) pode ser feito por meio da alimentação ou através de suplementos.

Conclusão

Para além do ferro e do zinco, outros estudos demonstraram no passado que o consumo de cálcio, magnésio, vitamina B6 e dos ácidos graxos essenciais podem ajudar no tratamento desta condição que afeta muitas mulheres.

Explore o nosso arquivo completo sobre a tensão pré-menstrual

Por Xavier Gruffat, farmacêutico, 04 de março de 2013 – © Svetlana Fedoseeva – Fotolia.com

PUBLICIDADE

Observação da redação: este artigo foi modificado em 20.09.2017

 

Inscrever-se na nossa newsletter (de graça)

 

Ler também: