A cafeína reduz o risco de acidentes de trânsito na estrada | Criasaude

A cafeína reduz o risco de acidentes de trânsito na estrada

A cafeína reduz o risco de acidentes de trânsito na estradaMuitos de nós à noite, após uma noite com os amigos, pedimos um pequeno caféantes de pegar a estrada para nos manter acordado. Isto que era uma mera intuição ou senso comum esta para ser comprovado cientificamente, pelo menos para os motoristas que percorrem uma grande distância (mais de 200 km). Sabemos que a fadiga é uma das principais causas de acidentes nas estradas.

O estudo em detalhe
Um estudo australiano publicado em 19 de marco de 2013, na renomada revista científica British Medical Journal (BMJ), demonstrou que tomar substâncias ricas em cafeína reduz o risco de acidentes entre os motoristas comerciais de longa distância (pelo menos 200 km por trajeto).

O estudo realizado na Austrália (em dois estados, Nova Gales do Sul e Austrália Ocidental) contou com 530 motoristas de longa distância que tinham sido recentemente envolvidos em um acidente de trânsito (segundo a polícia) e 517 motoristas que não sofreram acidentes durante os últimos 12 meses. É importante resaltar que mais de 99% dos participantes eram homens.

De todos os motoristas envolvidos no estudo, 43% consumiram substâncias que continham cafeína, como chá, café, substâncias a base de cafeína ou bebidas energéticas com o objetivo de ficar acordado. Este estudo não levou em conta o uso de substâncias ilegais como a cocaína, que infelizmente é muito comum na estrada, não só na Austrália, mas em todo o mundo. No entanto as pessoas que utilizam drogas ilícitas não foram incluídas no resultado ou os seus resultados foram incluídos, para evitar desvios.

A cafeína reduz o risco de acidentes de trânsito na estrada

Resultados
Depois de ter estudado os dados e de usar métodos estatísticos (muito difícil de explicar aqui, por favor, veja abaixo o link para o estudo original em Inglês), os pesquisadores australianos descobriram que os motoristas que consumiram substâncias que continham cafeína, com o objetivo de ficar acordado, tiveram menos 63% risco de causar um acidente de trânsito.

Outros estudos científicos já demonstraram a influência positiva da cafeína para manter-se alerta e exercer algumas tarefas monótonas, especialmente no local de trabalho.

Conclusão
Os pesquisadores concluíram que o consumo de substâncias a base de cafeína para se manter acordado pode ser muito benéfico na redução do risco de acidentes, principalmente na estrada para dirigir uma longa distância, muitas vezes um trabalho monótono.

Os cientistas apontam que também é muito importante respeitar as outras regras de prevenção como o limite máximo de km para percorrer a cada dia (que varia de acordo com cada legislação), descanso semanal, a prática de (pequenos) cochilos regulares, um sono restaurador e, claro, evitar o álcool.

O Criasaude.com.br lembra também que o efeito da cafeína pode variar muito de um indivíduo para outro, para algumas pessoas que tomam cafeína realmente ficam mais alerta e acordadas (nós estimamos que mais da metade dos norte-americanos “não podem trabalhar sem café”, porque não teriam a mesma produtividade), em outros a cafeína quase não tem efeito. Parece que os fatores genéticos explicam esta importante diferença entre os indivíduos. Finalmente, note que mesmo uma pessoa muito sensível à cafeína pode desenvolver tolerância ao longo do tempo. Este estudo é, portanto, para relativizar a prevenção de acidentes rodoviários.

Por Xavier Gruffat Farmacêutico
Referências: BMJ 2013 346: F1140
http://www.bmj.com/content/346/bmj.f1140


Observação da redação: este artigo foi modificado em 25.09.2017