Alimentos para a gota

N2320/doencas/gotaPurinas de origem vegetal sim, mas não de origem animal
O excesso de ácido úrico no sangue pode levar ao ataque de gota muito dolorosa. Como o ácido úrico é um produto da degradação das purinas, é importante consumir a menor quantidade deles (os de origem animal). Purinas são produzidas a partir do metabolismo do DNA encontrado no núcleo das células animais e vegetais.
Entre as purinas, há as de origem animal e vegetal.


Vários estudos científicos demonstraram que o consumo de purinas animais aumenta o risco de sofrer de gota.

Os alimentos ricos em purinas de origem animal e que deverão ser evitados, são:

– Carne vermelha, carne de porco e cordeiro

– Alguns órgãos, como o fígado, rins e pâncreas

– Frutos do mar, camarão, lagosta, mexilhões, anchovas e sardinhas

O álcool também deve ser anulado porque aumenta os níveis de ácido úrico no sangue, reduzindo a eliminação renal da substância.

Em contrapartida, as purinas animais não demonstraram em estudos científicos risco aumentado de gota.

Note-se que os produtos lácteos, as quais podem conter purinas, parecem reduzir bastante o risco de gota.

Alimentos de baixo teor em purinas, que são recomendados para o consumo, são:

– Os produtos lácteos com baixo teor calórico (por exemplo, lights e desnatados).

– Legumes e frutas

– Frutos oleaginosos (castanhas, nozes,etc)

– Cereais

Evite alimentos ricos em frutose, especialmente de origem industrial

Estudos científicos têm mostrado uma correlação entre uma dieta rica em frutose e a gota. A frutose é um açúcar encontrado naturalmente em frutas, legumes e mel. Frutose, sob a forma de xarope de milho, é frequentemente adicionada a muitos alimentos e bebidas, como é o caso nos Estados Unidos. Muitas vezes encontra-se a frutose em grandes quantidades em refrigerantes e outras bebidas açucaradas.

Para limitar a gota, é aconselhável evitar os seguintes alimentos e bebidas:

– Bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos

– Cereais, pão industrial, sorvete e doces

– Fast food e outras comidas rápidas (junk food)

Algumas frutas também contêm uma elevada concentração de frutose, e recomenda-se restringir o consumo de cerca de 1 ou 2 porções por dia. Os frutos em questão são:

– Maçãs, pêssegos, cerejas (alguns estudos têm mostrado, no entanto, um efeito positivo sobre a gota), tâmaras, peras, uvas, ameixas.

Para limitar a doença, é também necessário reduzir o consumo de açúcar de sal.

Ler também:
Observação da redação: este artigo foi modificado em 15.05.2016
Ler também: