4 dicas originais para dormir melhor

11 alimentos para uma boa noite de sonoNOVA YORKCom o aumento do uso de celulares (smartphones) muitas vezes utilizados até tarde, tendem a aumentar os distúrbios do sono na sociedade moderna. Sabemos também que o sedentarismo frequente nas empresas de serviços, incluindo trabalhos o dia inteiro em uma mesa, também perturba o sono. Além de certas recomendações tradicionais para dormir melhor, que incluem evitar beber café depois das 15h, descubra 5 dicas originais e eficazes para dormir bem.


1. Banho. Tome um banho morno à meia luz antes de ir dormir. Essa prática é muito relaxante.
Os banhos quentes também ajudam a reduzir a temperatura do corpo. Na realidade, quando se toma um banho quente o sangue circula mais para superfície do corpo. Ao sair do banho, o sangue esfria e em seguida todo o corpo. Uma temperatura baixa do corpo ajuda a adormecer melhor.

2. Pés-frios.  Às vezes, os distúrbios do adormecimento podem ser originados por causa dos pés-frios, nesse caso não hesite em colocar meias ou chinelos! Você pode também preparar uma bolsa de água quente.

3. Músicas. Escutar músicas como as do compositor Debussy antes de ir dormir. Um estudo de 2016 publicado na revista científica Journal of Alternative and Complementary Medicine mostrou que as pessoas mais velhas que ouviam músicas como do Debussy com 60 a 80 batidas por minuto durante 30 a 45 minutos, adormeceram mais facilmente e também dormiram por mais tempo. Na manhã seguinte, os participantes sentiram mais descansados do que aqueles sem esse tipo de música. Segundo os pesquisadores, esta música tem um efeito relaxante sobre o sistema nervoso e aumenta a liberação de oxitocina, um tipo de hormônio do “bem-estar”. As batidas do ritmo musical perto de 60 correspondem à frequência cardíaca durante o momento do adormecimento.

4. Temperatura. É importante ter uma temperatura adequada no quarto. Uma temperatura de 18,3°C (65 graus Fahrenheit) é recomendada para uma boa noite de sono. Em outras palavras, a maioria das pessoas que possuem termostato deve usa-lo com alguns graus mais baixo do que o habitualmente do que usado em os outros comodos do apartamento ou casa. Estes resultados vêm de um estudo publicado em 2015 na revista científica Current Biology, mostrando surpreendentemente que a temperatura tinha em média mais impacto sobre o sono do que a luz. O que é importante entender é que para um bom adormecimento, o corpo muitas vezes precisa ter uma temperatura mais baixa do que no resto do dia. No verão ou em países quentes, sem ar condicionado, é recomendado o uso de roupas o mais leves possíveis para dormir e ventilar bem. Este estudo foi realizado principalmente por pesquisadores da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA).

Ciclos do sono, tipos de sono

20.04.2017

Ler também:
Observação da redação: este artigo foi modificado em 20.04.2017
Ler também: