12 alimentos que combatem o estresse e ansiedade

12 alimentos que combatem o estresse e ansiedadeNos dias corridos de hoje, controlar o nervosismo e a ansiedade parece tarefa quase impossível. Os níveis altos de estresse causam diversos problemas para a saúde, como problemas cardíacos, insônia, dificuldade de concentração e aprendizagem e até aumento do apetite, levando à compulsão alimentar e ganho de peso. Nesse sentido, a alimentação desempenha um papel importante como auxiliar no combate à ansiedade do dia a dia. Conheça nossa lista de alimentos que vão te ajudar a levar uma vida mais saudável e livre de estresse.


1. Maracujá. Famoso por suas propriedades calmantes, o maracujá é rico em flavonoides e alcaloides que atuam no sistema nervoso central causando sedação, melhorando a qualidade do sono e acalmando. Além disso, a fruta é rica em vitamina A e C, vitaminas do complexo B, ferrofósforo e cálcio. Consuma na forma de suco, puro ou até em molhos para salada.

2. Leite e derivados. O leite é rico em triptofano, um aminoácido que contribui para produção de serotonina, um neurotransmissor associado a sensações de prazer, bem-estar e relaxamento. Prefira as versões desnatadas do leite e derivados, como queijos e iogurtes.

Leite e derivados.

3. Grãos integrais. Ricos em fibras e vitamina, os grãos integrais (e também alimentos derivados, como pasta, pães e arroz) contém carboidratos complexos de baixo índice glicêmico que ajudam na manutenção dos níveis de serotonina. Diferente dos carboidratos simples (como açúcar refinado) que dão apenas uma sensação momentânea de prazer, os carboidratos complexos mantém essa sensação por mais tempo.

4. Peixes. Muitos peixes são ricos em vitaminas do complexo B, como vitamina B6 e B12. A vitamina B12 em particular é a mais importante no processo de síntese de serotonina, neurotransmissor associado ao bom humor e prazer. Invista em peixes como sardinha, salmão, atum e truta.

5. Amêndoas. Essas sementes contém quantidades apreciáveis de vitamina B2vitamina Emagnésio e zinco, além de ácidos graxos essenciais que protegem o coração. A vitamina B2 e o magnésio estão envolvidos no processo de síntese de serotonina. A vitamina E combate radicais livres relacionados ao estresse e doenças cardíacas. O zinco, por sua vez, tem mostrado propriedades relacionadas ao combate do estresse.

6. Aspargos. Depressão, ansiedade e estresse estão relacionados a baixos níveis de ácido fólico, vitamina que participa de atividades cerebrais. Os aspargos são ricos em ácido fólico, ajudando a combater muitas das doenças psicológicas relacionadas com o estresse.

7. Abacate. Essa fruta é rica em vitaminas do complexo B, que ajudam na saúde e manutenção dos neurônios, além de participarem da produção de serotonina. Além disso, abacates são ricos em gorduras monoinsaturadas e potássio que ajudam a reduzir a pressão arterial e doenças cardíacas. Mas atenção: o abacate é altamente calórico, se você está numa dieta para emagrecer, limite o seu consumo.

8. Blueberry (mirtilo). Essas pequenas frutas são ricas em antioxidantes e vitaminas C. Durante o estresse e ansiedade, o corpo precisa de antioxidantes e vitamina C para combater radicais livres formados e reparar as células danificadas. Um punhado por dia é o ideal para reestabelecer as funções cerebrais.

9. Banana. Essa fruta é rica em triptofano, aminoácido importante para a produção de serotonina. Estudos demonstram que o consumo dessa fruta ajuda a combater a ansiedade e depressão.

Índice glicêmico

10. Maca peruana. Essa planta, cada vez mais comum no Brasil, é rica em vitaminas do complexo B, importante na manutenção da saúde de células do sistema nervoso, magnésio e ferro, minerais também essenciais para os neurônios. A maca peruana é normalmente encontrada na forma de pó em capsulas.

11. Espinafre. Além de ser rico em ácido fólico, vitamina essencial para a saúde dos neurônios, o espinafre é rico em magnésio, mineral que ajuda a regular os níveis de cortisol e promove sensação de bem-estar.

12. Algas. Ricas em minerais e com baixas calorias, as algas contém quantidades apreciáveis de triptofano e magnésio, componentes importantes para a saúde do sistema nervoso central. Consuma na forma de salada ou em comida japonesa.


Além de manter uma dieta saudável e balanceada, a prática de atividades físicas é fundamental para combater o estresse. Além de ajudar a queimar calorias, o esporte libera endorfinas, hormônios associados ao prazer, bem-estar e satisfação.

Ler também:
Observação da redação: este artigo foi modificado em 11.12.2016
Ler também: