Publicidade

Doença de Chagas

Definição

A doença de Chagas é uma doença infecciosa causada por um parasita chamado Trypanosoma cruzi (T cruzi). Este parasita provoca doenças cardíacas crônicas, como a insuficiência cardíaca, em cerca de um terço das pessoas infectadas.

A doença de Chagas (em inglês: Chagas disease) deve seu nome à descrição pela primeira vez em 1909 pelo médico brasileiro Carlos Chagas, especialista em doenças infecciosas. A doença de Chagas também é conhecida como tripanossomíase americana.

Epidemiologia

A doença de Chagas é mais prevalente nas regiões tropicais da América do Sul e Central.
A maioria dos casos ocorre no Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, México e El Salvador.

De acordo com um estudo publicado em agosto de 2018 na revista científica Circulation, desde os anos 1980, a doença de Chagas se espalhou para áreas onde ela não era tradicionalmente observada, inclusive nos Estados Unidos e em outros países como Espanha, França, Suíça, Itália, Reino Unido, Austrália e Japão.

Causas

A doença de Chagas é causada por um parasita chamado Trypanosoma cruzi (T cruzi).

Trasmissão por um inseto (triatomíneo)
A infecção por T. cruzi ocorre quando as fezes do inseto sugador de sangue, chamado barbeiro, infectado com o parasita, penetram na pele através do local da picada ou pelo olho. Insetos triatomíneos são encontrados principalmente na América Central e na América do Sul, onde eles infestam casas de adobe, e no sul dos Estados Unidos.

Outras vias de transmissão 
A doença também pode ser transmitida por meio de alimentos ou bebidas contaminadas, por mulheres grávidas para seus bebês ou através de transfusões de sangue e transplantes de órgãos.

Sintomas

Cerca de 60 a 70% das pessoas infectadas pelo T cruzi não desenvolvem sintomas. Os outros 30 a 40% podem desenvolver sintomas.

Distingue-se uma fase aguda da doença, com duração de vários dias, que pode ser fatal, e uma fase crônica que dura meses ou anos. Durante a fase aguda, o paciente apresenta febre particularmente.

Os sintomas possíveis da doença de Chagas na fase crônica incluem: doenças cardíacas, como insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral (AVC), arritmia ventricular (ritmo cardíaco anormal) e parada cardíaca. No Brasil, cerca de 10% dos casos de insuficiência cardíaca são causados ​​pela doença de Chagas. Estima-se que a fase crônica seja uma doença autoimune, isto é, com destruição de células, principalmente do miocárdio.

Se a doença for detectada precocemente, a infecção pode ser curada por medicamentos com uma taxa de sucesso de 60 a 90%, dependendo do momento em que o paciente está sendo tratado no curso infecção.

Tratamentos

A terapia antiparasitária (por exemplo, benzonidazol, nifurtimox) pode ser iniciada pelo médico na fase aguda da doença de Chagas. O benzonidazol está na lista de medicamentos essenciais da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Na fase crônica, tratamentos sintomáticos serão privilegiados (por exemplo, contra insuficiência cardíaca).

Dicas & Prevenção

– O risco de infecção é extremamente baixo para a maioria dos viajantes e residentes de países endêmicos. Para minimizar os riscos, as pessoas (incluindo os viajantes) devem evitar dormir em casas com paredes de adobe não rebocadas e/ou telhados de palha.

– Evite beber suco de cana de açúcar e açaí não pasteurizados em países afetados pela doença.

Fontes & Referências: 
Circulation (DOI : 10.1161/CIR.0000000000000599)

Redação:
Por Xavier Gruffat (farmacêutico)

Fotos: 
Fotolia.com

Atualização:
Este artigo foi modificado em 21.01.2019

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 21.01.2019

Publicidade