Publicidade

Home » Plantas medicinais » Sálvia

Sálvia

Resumo

Sálvia resumoPlanta medicinal utilizada em uso interno como anti-transpirante e em uso externo como desinfetante (para a boca).

Publicidade

Nomes

Nomes em português: sálvia, chá-da-franca, sabiá, salva
Nome binomial: Salvia officinalis L.
Nome francês: sauge, sauge officinale
Nome inglês: sage or salvia
Nome alemão: Salbei
Nome italiano: salvia

Família

Lamiaceae (Lamiáceas)

Sálvia Família

Constituintes

Óleo essencial (cineole, tuiona, cânfora), taninos, princípios amargos.

Partes utilizadas

Folhas, óleo essencial de sálvia e, eventualmente, flores

Efeitos  da sálvia

Uso interno (em gotas, infusões ou comprimidos) 
Anti-transpirante (contra a transpiração), em condimento, graças ao seu forte efeito antioxidante (na cozinha), tônico.

Uso externo (em solução)
Anti-séptica (antiviral, antibacteriana), antiflogística (contra a inflamação), cicatrizante.

Indicações da sálvia

Indicações da sálviaUso interno (em gotas, infusões ou comprimidos)
Transpiraçao excessiva, ondas de calor (em caso de menopausa), problemas de digesão, resfriado, distúrbios digestivos, tosse, bronquite, hipercolesterolemia – alto nível de LDL (possível efeito), astenia nervosa (fadiga severa).

Uso externo (em solução para gargarejos, pastilhas, spray)
Afecções bucais como as dores de garganta, rouquidão ou as aftas.

A planta também é frequentemente usada em cosméticos (por exemplo, contra queda de cabelo, pele oleosa, caspa).

Sálvia Efeitos secundários

Efeitos secundários

Ondas de calor (após uma extensa aplicação em forma de extrato alcóolico), convulsão (para os extratos alcóolicos), hipertensão (em alta dose, em uso externo como em infusão). Queira ler a bula da embalagem.

Contra-indicações

Gravidez, epilepsia (em particular para os extratos alcóolicos à base de sálvia), hipertensão. Queira ler a bula da embalagem.

Interações

Desconhecemos

Preparações

Infusão de sálvia: para uso interno ou externo (gargarejos)

Preparações à base de sálvia

Remédio contra dor de garganta à base de sálvia

– Tintura de sálvia (geralmente a posologia é de 2 mL, 2 vezes por dia)

– Cápsula (uma cápsula geralmente contém 300 mg de folhas de sálvia, consumir 2 a 3 cápsulas ao dia). Para transpiração excessiva, a dose usual é de 1000mg por dia de sálvia seca.

– Spray à base de sálvia

– Pastilhas à base de sálvia

– Vinho medicinal de sálvia

Onde cresce a sálvia?

A sálvia cresce principalmente em países relativamente quentes (como por ex. a região mediterrânea).
Grande parte do abastecimento mundial de sálvia deriva da colheita selvagem (em ambiente nativo), nas montanhas da Croácia, de Montenegro e da Albânia. É uma planta perene, isto é, pode viver vários anos. A sálvia atinge uma altura entre 20 e 70 cm, algumas fontes falam até de 1 m. Com o tempo, a sálvia pode formar pequenos arbustos por causa de suas hastes cada vez mais lenhosas.

Quando colher a sálvia?

As folhas de sálvia são colhidas no verão.

Plante você mesmo
A sálvia vive muito bem em vasos e grandes jardineiras.

Observações

– Para tratar a transpiração excessiva, a sálvia pode ser muito eficaz, pois ela tem a vantagem, se comparada a outros medicamentos de síntese (sais de alumpinio, anticolinérgicos), de ter pouquíssimos efeitos secundários importantes. Dito isso, uma edição especial da revista francesa Science & Vie sobre plantas medicinais publicada em julho de 2020 estimou que o efeito da sálvia (ou melhor, das sálvias de acordo com mais estudos: Salvia officinalis – a sálvia deste dossiê, Salvia sclarea e Salvia lavandulifolia) contra a transpiração excessiva ainda precisa ser demonstrado, devido à falta de estudos científicos sérios publicados.

– Para combater os resfriados e as dores de garganta, a sálvia pode ser um bom complemento natural, pois ela pode acelerar a cura, graças a sua forma de óleo essencial. Vários estudos científicos provaram a sua eficiência contra as dores de garganta.

– A sálvia pertence às ervas provençais que incluem: alecrim, tomilho, hissopo, lavanda, funcho, etc. Estas plantas crescem em condições secas e quentes durante o verão, como é o caso do sul da França, onde fica a cidade de Provença.

– Como a sálvia está próxima do alecrim em termos botânicos, essas 2 plantas são frequentemente utilizadas juntas, especialmente na culinária.

Fontes:
Science & Vie (França)

Redação:
Por Xavier Gruffat (farmacêutico)

Atualização:
20.01.2021

Fotos: 
Fotolia.com/Adobe Stock – Pharmanetis Sàrl (Creapharma.ch)

fitoterapia SálviaQuando colher a sálvia

Esta informação foi útil?

Observação da redação: este artigo foi modificado em 03.05.2021

Publicidade