Brasil França Portugal Espanha Suiça francesa Suiça alemã Suiça italiana Italia
Registre-se | Conectar:
TwitterCriasaude no TwitterErrorAviso de errosPrintImprimir

Hemorroidas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Resumo hemorroidas

hemorroidas internas e externasNa verdade, as hemorroidas são veias existentes na região anal e terminações nervosas de órgãos digestivos, todos nós as temos. Em alguns casos há uma dilatação ou inchaço anormal das veias do reto (final do intestino), é o que chamamos de crise hemorroidal, mas que popularmente é chamado de hemorroidas.

As hemorroidas podem ser internas, quando os prolapsos são no reto inferior, ou externas quando os prolapsos são ao redor do ânus. Muitas vezes essas duas formas coexistem.

A crise hemorroidal é a principal causa de sangramento anal, mas não é possível precisar o número de pessoas afetadas devido ao grande número de pessoas que se automedicam, não procurando um médico, e devido à inúmeras doenças com sintomas parecidos. Apesar disso, estima-se que aproximadamente 4% da população mundial sofram desta afecção.

As causas ainda não estão totalmente elucidadas, mas alguns fatores já foram relacionados: hereditariedade, constipação, excesso de esforço ao defecar, gravidez, excesso de peso, entre outros.

HemorroidasOs principais sintomas são: formação de prolapsos (internos ou externos), dor, coceira, irritação e sangramento.

Apesar de raro, as crises hemorroidais podem levar a sérias complicações como o estrangulamento das hemorroidas e trombose hemorroidal.

O diagnóstico é feito através de exame clínico e conhecimento do histórico da pessoa, em alguns casos pode ser necessário exame de apalpação ou anuscopia.

hemorroidas tratamentoOs primeiros sintomas da crise hemorroidal podem ser tratados inicialmente com analgésicos (ex. paracetamol) para aliviar a dor e aplicação local de anestésico (ex. lidocaína) através de cremes ou supositórios. O banho de assento com água quente, com ou sem planta medicinal (ex. hamamélis), também pode ser utilizado.

Para diminuir os sangramentos o principal é evitar a constipação, uma das formas é manter uma alimentação rica em fibras. Medicamentos a base de flavonoides também ajudam a diminuir os sangramentos.

hemorroidas plantasDentre as alternativas naturais, temos as seguintes plantas que podem ser utilizadas de diferentes formas (pomadas, cremes, géis, supositórios, comprimidos, cápsulas, banho de assento, lenços umedecidos, banho de assento) em casos de crises hemorroidais : hamamélis, camomila, castanha-da-índia, árvore do chá.

Outra alternativa ao tratamento convencional é o uso da homeopatia, consulte um homeopata.

Se não houver melhora após 3 ou 4 dias, se houver dor forte ou sangramento ao evacuar, é aconselhado consultar um médico.

Quando o tratamento com medicamentos e alternativas naturais não estão funcionando é possível recorrer aos tratamentos minimamente invasivos ( ligadura elática, laser, infravermelho, coagulação bipolar, escleroterapia) ou ainda a tratamentos cirúrgicos.

Os principais bons conselhos são: tratar a constipação comendo muita fibra, evitar comer muita pimenta e pratique exercícios ou esportes. Descubra todos os bons conselhos

Entrevista com o especialista em Gastro cirurgia e Proctologia Marcon Censoni de Avila e Lima

Criasaude - Qual a diferença entre hemorroidas internas e externas?
Dr. Marcon - A diferença é a localização, e por vezes os sintomas. As hemorroidas internas estão locazidas no reto distal e canal anal, já as hemorroidas externas são dilatações das veias sob a pele do ânus.

As hemorróidas internas são graduadas de I a IV. O grau I de dilatação, só é identificável com a realização da anuscopia, onde o especialista introduz um pequeno aparelho no ânus e consegue ver o revestimento do canal anal e reto distal. A principal queixa deste tipo de dilatação é o sangramento às evacuações. As hemorroidas grau II, são as nodulações venosas que saem pelo ânus, devido ao esforço, mas que retornam espontaneamente. Já as do grau III, saem pelo ânus e é necessário ajuda com o dedo para que retornem ao interior do canal anal. As do grau IV são tão dilatadas e volumosas, que permanecem constantemente exteriorizadas.

As hemorroidas externas não têm graduações. Caracterizam-se pela dilatação das veias externas do ânus e esgarçamento da pele da região anal. A única forma de tratar é retirar este excesso de pele cirurgicamente.

Existe cura para hemorroidas? Quais são os tipos de tratamento? Existe alguma novidade de tratamento no mercado brasileiro?
Não existe cura com medicações, mas existe controle de sintomas. A única forma de tratar definitivamente os vasos que estão dilatados é operando, por qualquer técnica que seja.

Muitos falam de novidades no mercado nos últimos 15 anos, mas nada comprovadamente é o melhor.

Mesmo porque, diferentes graus de hemorroidas internas, ou a presença de hemorroidas externas, exigem tratamentos diferentes e mais adequados a cada caso pontualmente.

Essa é a principal dica: procurar um especialista que dispõe de um arsenal amplo de técnicas, usando cada uma delas, no caso adequado de seu paciente.

Houve a época onde a novidade do “laser” na ressecção das hemorroidas, teve grande repercussão, mas hoje sabemos que este é indicado somente para alguns casos selecionados.

O mesmo acontece com a técnica por Grampeamento ( PPH)

No momento atual surge o THD, porém também possui indicações precisas e não cabe ser usado em todos os tipos de hemorroidas. Assim como as demais técnicas, tem suas taxas de complicações.

O consumo de pimenta pode causar hemorroidas?

Comento sempre com meus pacientes que a pimenta, shoiu ou outros condimentos, não causam hemorroidas, mas sempre lembram o paciente que elas existem.

A dilatação destas veias tem mais a ver com características pessoais, constipação ou hábitos que aumentam a pressão venosa na região.


Muitos dizem que ficar muito tempo sentado no vaso, como por exemplo, lendo o jornal pode causar hemorroida. Isto é verdade ou trata-se de uma lenda?

Isso é verdade! Como havia dito, a dilatação destas veias é mecânica, e não química, sendo assim, o maior tempo no vaso sanitário, lendo ou fazendo força para eliminar fezes, vai propiciar a dilatação destes vasos.

Qual a opinião do senhor sobre o uso de plantas medicinais, como a hamamélis e a camomila, no tratamento adjuvante das hemorroidas?

São úteis para no alivio dos sintomas, pois possuem propriedades anti-inflamatórias. É necessário lembrar que a veia hemorroidária, uma vez dilatada, não volta ao seu estado “normal” só com medicações tópicas. No entanto, são extremamente úteis no pós-operatório.

Confira a entrevista completa

Ler a sequencia: definição hemorroidas

Entender a doença Tratamento & Prevenção Interativo
Definição & Estatísticas Tratamento (remédios) Entrevista com Dr. Marcon
Causas & Grupos de risco Fitoterapia & Homeopatia Fórum
Sintomas & Diagnóstico & Complicações & Quando consultar ? Dicas Perguntas aos farmacêuticos

Observação da redação: este artigo foi modificado em 06.12.2014.
Controllo di qualità
Última atualização:
06.12.2014

Revisão médica da página:
Atualização (design, fotos, animações):


Correção de sintaxe, ortografia e gramática:


PUBLICIDADE

Quickinfos top

Temas



IMC

NOTÍCIAS

Brasil tem cerca de 40% da população com alguma doença crônica

De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde e IBGE, Brasil tem cerca de 40% da população com doença crônica.

10 dicas para perder a barriga

O Criasaude fez uma lista com dicas para você secar a barriga antes do verão.

_________________________

Facebook

  

______________________

    farmavagas.com.br



© Criasaude.com.br


Última atualização do site: 17.12.2014